Dor nas pernas pode ser proveniente de doenças vasculares

A dor nas pernas pode surgir por diversos motivos, entre eles: uma caminhada ou corrida mais vigorosa, excesso de esforço, um trauma e até doenças sistêmicas. No entanto, é preciso prestar atenção se a dor vem acompanhada de outros sintomas e se ela persiste após o descanso. Nesses casos, não se trata de apenas de uma dor de nas pernas e sim de doenças vasculares.

Segundo o Dr. Ary Elwing, quando a dor é decorrente de problema nos vasos sanguíneos, aparecem alguns sintomas peculiares. “A dor na perna pode ser um reflexo de uma doença vascular, como a doença arterial periférica, que é um problema nos vasos sanguíneos que leva ao estreitamento e endurecimento das artérias das pernas e dos pés.”

Este problema ocorre quando material gorduroso (placa) se acumula nas paredes das artérias, deixando-as mais estreitas. As paredes passam a ficar mais rígidas e dificulta a passagem do sangue. “O resultado é dor nas pernas, pois quando o músculo estiver trabalhando ele não receberá oxigênio suficiente”, ressalta o angiologista.

Os sintomas clássicos são dor, sensibilidade, cansaço, queimação ou desconforto nos músculos de seus pés, panturrilhas ou coxas. “Esses sintomas pode aparecer durante a caminhada ou exercício e passam após o repouso”, diz Dr. Elwing.

Outra doença que pode acometer as pernas são as varizes. “O problema pode ter início em qualquer fase da vida. Tudo começa com uma sensação de peso, dor, cansaço, comichão e câimbras”, acrescenta o médico.

Se não for tratada, as varizes podem se tornar mais grossas, dilatando e criando alterações na microcirculação da pele. “As varizes podem mudar de cor e ficar atrófica, chegando ao ponto de abrir uma ferida, chamada de úlcera de perna.”

.
De bem com suas pernas

O melhor tratamento para as dores nas pernas é o autocuidado. “Para se proteger contra varizes, doença periféricas, trombose e necrose, o melhor caminho é a prevenção. Faça uma dieta com pouca gordura, controle a pressão e o colesterol, e procure um médico vascular a partir dos 40 anos”, recomenda o angiologista.

Além disso, faça exercícios físicos como caminhada, pois, com o tempo, a sua circulação tende a melhorar e afastar doenças vasculares. “Pare de fumar, pois o tabagismo estreita as artérias e diminui a capacidade do sangue transportar oxigênio. Outra recomendação importante é manter o controle colesterol e monitore os níveis de açúcar no sangue, principalmente se você tiver diabetes”, finaliza o Dr. Ary Elwing

.

Fonte

Ary Elwing (CRM-22.946) – Médico angiologista, especialista em cirurgia vascular periférica e tratamento a laser.
www.aryelwing.com.br

.

*****

.

Contato

Stefane Braga – assessora de imprensa
Tel-(11) 2679-4437/ 2592-5934
www.sachasilveira.com.br

Sacha Silveira Assessoria de Comunicação
Tel-(11)2592-5934/2679-4437
Rua Amâncio de Carvalho,507
www.sachasilveira.com.br
Email – stefane.braga@sachasilveira.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.