Novembro Azul – prevenção e avanços no tratamento do câncer de próstata

Doença é neoplasia que mais mata mineiros

.

A campanha internacional conhecida como “Novembro Azul” começou neste mês para mobilizar a população e a comunidade médica sobre a importância da prevenção do câncer de próstata. Conforme estimativa do Instituto Nacional de Câncer (Inca), 68.800 novos casos de câncer de próstata devem ocorrer no Brasil, sendo que, em 2011, 13.129 homens morreram. O câncer de próstata é a neoplasia que mais mata mineiros, de acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Em 2012, das 10.841 mortes causadas por tumores entre eles em Minas Gerais, 1.365 (12,6%) foram por câncer da próstata. Para este ano, a estimativa é registrar 7.990 novos casos de câncer de próstata no estado. Um percentual de 24,5% dos 32.560 novos casos para todos os tipos de cânceres esperados para o sexo masculino. As taxas podem justificadas pelo preconceito e a falta de informação em relação à importância dos exames preventivos da doença.

O Dr. André Márcio Murad afirma que o câncer de próstata é considerado como o cancro mais frequente no homem. A atenção deve ser redobrada para evitar ou mesmo identificar algum dos sintomas. “Há estudos que relacionam a alimentação rica em gordura animal, com poucas verduras, legumes e frutas, assim como a obesidade e o sedentarismo com a possibilidade de desenvolver o câncer de próstata. Os genes em casos familiares, como o BRCA-1 e o BRCA-2, são considerados um critério de avaliação de risco e um recurso para o diagnóstico precoce.”

O exame de toque retal e a dosagem sanguínea de PSA (antígeno prostático específico) são considerados os exames essenciais para o diagnóstico precoce. Dr. Murad alerta que esses exames, caso haja algum caso anterior na família, devem ser realizados, anualmente, a partir dos 40 anos e 45 anos para o restante. O exame é simples, rápido e indolor, sem necessidade de especulações sobre sua realização. “O ideal é que os homens busquem informações sobre a doença, já que, em sua fase inicial, o câncer da próstata tem evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma e, quando isso ocorre, pode ser um tumor benigno. Os sintomas são a dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.”

Os avanços foram significativos nos últimos anos no diagnóstico e tratamento da doença. Dr. Murad conta que estudos importantes estão em andamento para identificar o câncer de forma assertiva e ainda mais precoce, como a melhoria da precisão do exame PSA. “Podemos citar outros novos exames, como os de urina, cuja proposta é avaliar o nível do antígeno do câncer de próstata 3 (PCA3). Quanto maior o nível identificado, maior será a possibilidade do paciente ter a doença.”

O tratamento do câncer de próstata também apresenta grandes avanços. A radioterapia tem um papel fundamental com grande potencial curativo, podendo substituir em casos selecionados e, com vantagens, a cirurgia. O oncologista ressalta que esse tratamento apresenta uma redução substancial dos riscos de impotência sexual e incontinência urinária induzidos pelo tratamento cirúrgico. “A braquiterapia ou radioterapia, realizadas por meio de agulhas radiotivas, e as medicações hormonais, estão sendo adotadas como uma excelente ferramenta para o tratamento. Afinal, esses tipos de tratamentos aumentam as chances de cura, sem muitos efeitos colaterais.”

Também evoluíram as drogas para o tratamento da doença avançada, com o desenvolvimento de novos agentes hormonais, novos quimioterápicos e medicamentos radioativos para ação exclusiva nas lesões metastáticas ósseas.

.

Fonte

André Márcio Murad – Médico oncologista coordenador do Serviço de Oncologia do Hospital das Clínicas da UFMG e do CENANTRON – Centro Avançado de Tratamento Oncológico.

.

*****

.

Jéssica Andrade
www.zoomcomunicacao.com.br
(31)2511.3111 e (31)8611.9110




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.