As 4 doenças cardiovasculares que mais matam no Brasil

.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), as doenças cardiovasculares são as principais causas mundiais de morte. Mais de 17 milhões de pessoas morreram, em todo o mundo, em decorrência de algum problema cardiovascular em 2011. No Brasil, 300 mil pessoas morrem anualmente, ou seja, um óbito a cada dois minutos é causado por esse tipo de enfermidade.

Para o Dr. Leonardo Spencer, essas estatísticas são explicadas pelos maus hábitos de vida da população. “Alimentação não balanceada, rica em gordura saturada, aliada ao sedentarismo, ao sobrepeso, à hipertensão, ao diabetes e ao tabagismo, por exemplo, leva à pessoa a ter maior chance de sofrer um problema cardíaco.”

O especialista esclarece que o risco para desenvolvimento das doenças cardiovasculares é multifatorial: fatores modificáveis, como o estilo de vida, e não modificáveis, como a predisposição genética.

Além disso, as doenças cardiovasculares têm em comum o depósito de gordura na parede dos vasos sanguíneos, ou seja, a formação das placas ateroscleróticas que obstruem a passagem do sangue. Assim, ocorre, consequentemente, a redução de sangue e oxigênio para o órgão afetado, denominado isquemia, que se não tratada adequadamente pode levar à falência do local mal oxigenado.

.

Entre algumas das manifestações clinicas das doenças cardiovasculares, Dr. Leonardo Spencer enumera:

1. Infarto agudo do miocárdio

O infarto agudo do miocárdio é provocado pela falta de sangue e oxigênio no músculo cardíaco, devido à obstrução da artéria coronária, levando ao quadro de dor no peito, sudorese, falta de ar e mal estar.

2. Doença vascular periférica

Decorre do depósito de gordura com obstrução das artérias periféricas do corpo. Nos membros inferiores, por exemplo, ocorre redução do fluxo de sangue para as pernas, com queixas de dor e de dificuldade para caminhar associadas à queda da temperatura local com dormência.

3. Acidente vascular cerebral

As placas de gordura depositadas nos vasos sanguíneos cerebrais podem obstruir um vaso cerebral intracraniano, levando ao quadro de dor de cabeça, tontura e paralisia de um braço e/ou perna.

4. Morte Súbita

Compreende o quadro de óbito de forma súbita, sendo causado, principalmente, pelo infarto agudo do miocárdio. Mas não se pode esquecer, especialmente os jovens, das doenças cardíacas congênitas, ou seja, aquelas adquiridas geneticamente e desenvolvidas com o passar dos anos.

  .

Fonte

Leonardo Spencer – Médico cardiologista, do Hospital do Coração do Brasil, em Brasília.

.

 

*****

.

 

 

Christiana Ribeiro
(55 61) 3039-8101 / 8491-0038
christiana.ribeiro@imagemcorporativa.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.