#mamografiaapartirdos40 – Direito e dever de toda mulher

SBM lança movimento #Mamografiaapartirdos40

.

A Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) lança esta semana o movimento #mamografiaapartirdos40 – direito e dever de toda mulher, uma ação da campanha “Eu amo meus peitos”, criada pela entidade para exaltar os cuidados com a saúde da mama e disseminar informações sobre a prevenção do câncer. A ideia do movimento é enfatizar a importância para as mulheres de realizar, anualmente, a mamografia a partir dos 40 anos, o que para os mastologistas é primordial para a saúde da mulher. Essa luta, inclusive, vai de encontro ao Ministério da Saúde que, através da Portaria 1.253/2013, restringiu o repasse de verbas da União aos municípios para mamografias em pacientes na idade entre os 50 e 69 anos, além da mamografia unilateral – exame realizado como forma de rastreamento em apenas uma das mamas.

De acordo com o Dr. Ruffo de Freitas Júnior, o câncer de mama é o segundo tipo mais comum em número de casos no Brasil, só perdendo para o de pele. Somente este ano, o câncer de mama terá cerca de 60 mil novos casos, um aumento de 15% em comparação ao ano passado, segundo o Governo Federal. Nesse contexto, a SBM prega a realização da mamografia a partir dos 40 anos, já que alguns estudos apontam a redução da mortalidade do câncer de mama em até 35%, além de, através do diagnóstico precoce, as chances de curar poderem chegar a 95% dos casos. “Tanto a experiência do consultório quanto os inúmeros estudos e acompanhamentos realizados pelos principais mastologistas do Brasil e do exterior comprovam que a idade ideal para o início do trabalho preventivo, via mamografia, é 40 anos. Vários são os fatores que contribuem para essa conclusão, um deles o próprio estilo de vida estressante atual, alimentação, entre outros, que contribuem para a manifestação da doença cada vez mais cedo.”

O mastologista faz um alerta para que os médicos continuem solicitando a mamografia de rastreamento para pacientes a partir dos 40 anos e não aceitem a chamada mamografia unilateral. “Como especialistas, temos a responsabilidade de educar e informar à sociedade sobre os procedimentos mais corretos e seguros em prol da saúde preventiva. E a mamografia é um instrumento de extrema importância, tendo reflexo na redução de cirurgias mutiladoras (mastectomias), diminuição de sofrimento e melhor qualidade de vida da paciente após o câncer”, conclui.

O movimento #mamografiaapartirdos40 pretende mobilizar o maior número de mulheres possível. Para aderir a causa, basta que as pessoas publiquem em suas redes uma foto com a plaquinha aderindo ao movimento #mamografiaapartirdos40, compartilhando com os amigos e contribuindo com a disseminação da informação.

.

 Fonte

Ruffo de Freitas Júnior – Médico mastologista, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM).

.

*****

.

Taynah Bianchi
Tel.: (21) 2532-1575 / 97985-7458
www.contextualcomunicacao.com.br
facebook-01.png/contextualcomunicacao
twitter-01.png/contextualcom

 

 

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.