Quantos gramas de sal você consome por dia?

Poucas pessoas saberiam responder a quantidade de sódio que consomem diariamente. O grande problema é que o sódio é cada vez mais o grande vilão da hipertensão arterial. No Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde, cerca de 30 milhões de pessoas têm a doença e há outros 12 milhões que ainda não foram diagnosticadas.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) orienta a ingestão de 6 gramas de sal por dia. Além disso, existem hoje várias ações para controle de sódio nos alimentos. Umas delas é o acordo da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA) e o Ministério da Saúde para redução da substância nos alimentos industrializados. A pretensão é retirar mais de 8 mil toneladas de sódio do mercado brasileiro até 2020.

O Dr. Rafael Munerato lembra que as comidas, principalmente os embutidos e as refeições prontas, já possuem 2 gramas de sal. “Ou seja, 4 gramas seria o máximo que uma pessoa poderia adicionar à refeição.”

Reduzir a quantidade de sal não é suficiente para evitar a pressão arterial. “Este é um fator importante no surgimento da doença. Porém, a obesidade, o sedentarismo e o tabagismo também aumentam as chances de desenvolvimento da patologia.”

Pacientes diagnosticados com hipertensão arterial devem ter consciência de que estilo de vida é fundamental para manter a saúde em dia. “A adoção de hábitos saudáveis é chamada de tratamento não medicamentoso e possui efeito sinérgico ao tratamento com medicação, quando este for indicado”, ressalta.

A alimentação para os hipertensos deve ser balanceada. O cardiologista cita que a dieta DASH é uma ótima opção para controle da pressão alta. “Este tipo de dieta foi estudado numa pesquisa clínica de altíssima qualidade, publicada na New England Journal of Medicine, uma das melhores revistas médicas do mundo.”

A dieta propõe a redução do consumo de sódio (sal), gorduras saturadas e insaturadas, colesterol, leite e seus derivados. “Além disso, refeições ricas em frutas e verduras, de três a cinco porções por dia, atividades físicas, pelo menos três3 vezes por semana, e controle do peso ajudam a combater a hipertensão arterial”, finaliza Dr. Rafael.

.

Fonte

Rafael Munerato – Médico cardiologista do laboratório Pasteur.

.

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 26 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece assistência diferenciada para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

.

*****

.

Bruna Gulart
(55 61) 3039-8393/ 8161-8102
bruna.gulart@imagemcorporativa.com.br

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.