Consumo excessivo de chocolate é prejudicial à saúde

Endocrinologista explica quais são as restrições para ingestão deste tipo de doce

.

A Páscoa é uma data festiva que faz a alegria das crianças e dos adultos. Mas o Dr. Mauro Scharf faz um alerta sobre o excesso do consumo de chocolate.

De acordo com o especialista, o chocolate é rico em nutrientes, porém a ingestão excessiva pode provocar ganho de peso e distúrbios gastrointestinais, como diarreia, náuseas e vômitos. “Além disso, este tipo de doce não deve ser consumido por crianças com menos de um ano.”

Dr. Mauro acrescenta que os pais precisam se atentar, ainda, se os filhos têm alergia a algum componente do chocolate. “Nesses casos, deve-se parar de consumir e procurar orientação médica.”

Sintomas como coriza, urticária, tosse seca e mal estar devem ser monitorados para atentar sobre o limite da ingestão. “Aqueles que têm intolerância à lactose podem procurar ovos de chocolate amargo e meio amargo”, exemplifica o endocrinologista.

A diarreia é o sintoma mais comum quando os pequenos abusam do chocolate. Caso isso ocorra, é fundamental suspender imediatamente o consumo e hidratar a criança com líquidos. “Se houver desidratação, deve-se procurar um hospital”, comenta Dr. Mauro.

Os diabéticos que gostam desse doce podem recorrer aos chocolates diet. “Mas o consumo deve ser bem moderado, porque eles têm uma quantidade de gordura maior do que o ovo de chocolate tradicional”, ressalta o médico.

Crianças com diabetes tipo 1 devem ter uma atenção redobrada. A terapia de contagem de carboidratos permite a ingestão de açúcar, mas a pessoa tem que ser treinada pelo médico ou de preferência por uma nutricionista especializada no assunto.

“O excesso de açúcar do chocolate em diabéticos tipo 1 pode induzir a um quadro conhecido como cetoacidose diabética, com altíssimas taxas de glicemia, desidratação e até eventual necessidade de internação”, destaca Dr. Mauro.

.

Benefícios do chocolate

Se consumido moderadamente, o chocolate faz bem à saúde. O endocrinologista Mauro Scharf recomenda que a ingestão diária não ultrapasse 30 gramas.

“O chocolate contém nutrientes, como cálcio, fósforo, proteínas e outros minerais, necessários ao organismo, além de ser fonte de antioxidantes (especialmente o amargo), que combatem os radicais livres e ajudam a diminuir o colesterol”, conclui o especialista.

.

Fonte

Mauro Scharf – Médico endocrinologista do laboratório Pasteur.

.

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 26 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece assistência diferenciada para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

.

*****

.

Christiana Ribeiro
(55 61) 3039-8101 / 8491-0038
christiana.ribeiro@imagemcorporativa.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.