Dia da Saúde e Nutrição – na corrida pelo corpo perfeito, saiba como evitar lesões na coluna

No Dia da Saúde e Nutrição (31/3), fisioterapeuta alerta para a importância da consulta de profissionais da saúde antes e durante a prática de exercícios físicos

.

No início do ano, as academias ficam mais movimentadas e a procura por resultados rápidos, à base de dietas milagrosas e exercícios exagerados, coloca em risco a saúde de jovens e adultos. No Dia da Saúde e Nutrição (31/3), fisioterapeuta alerta aos riscos de lesões na coluna, principalmente, para quem malha por conta própria, em playgrounds e academias públicas. Uma boa dica para cuidar do corpo e fortalecer a musculatura é o Pilates Terapêutico, muito indicado para aumentar a performance esportiva de atletas.

De acordo com a dra. Angela Lepesquer, o acompanhamento profissional é extremamente importante antes e durante a prática de atividade física. “Os exercícios devem ser indicados e orientados considerando o perfil de cada um dos ‘malhadores de verão’. Acompanhar o peso da pessoa e qual o melhor calçado para a prática do exercício a ser realizado podem evitar sérios problemas na coluna, como hérnias de disco”, explica a especialista em Coluna Vertebral.

Segundo dra. Angela, o acompanhamento postural durante a prática de exercícios também faz a diferença na performance esportiva. Uma sugestão de exercício completo nesse sentido é o Pilates Terapêutico, que trabalha condicionamento físico, resistência, concentração, fortalecimento de músculos e estabilização da coluna. A modalidade também é indicada para introduzir esportes de maiores impactos como corrida de rua, futebol, natação, entre outros.

Por Luis Xavier França

“A quantidade de esforço feito durante esses esportes pode ocasionar um desgaste na coluna, quando feitos inadequadamente. Em muitos casos, o atleta não se senta corretamente, ou força a coluna para pegar um peso acima do que é o indicado para ele. O aumento da força durante a atividade física, é um fator importante, mas, em alguns casos, pode prejudicar e muito a coluna, gerando problemas que terão repercussão após anos de uso incorreto das estruturas envolvidas”, alerta dra. Angela.

.

Fonte

Angela Lepesquer – Fisioterapeuta, diretoria da Associação Brasileira de Reabilitação da Coluna e do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral do Distrito Federal.

.

 

*****

.

Assessoria de Imprensa
(61) 8177 3832 tim – Clarice Gulyas
(21) 9 7950 5858 – Camila Almeida
claricegulyas@gmail.com
camila.dreamscomunicacoes@gmail.com




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.