Mamografia – um exame que salva vidas

A cada 800 mamografias realizadas, uma mulher é salva do câncer de mama

.

Cuidar da saúde é um grande desafio para a mulher. A correria do dia a dia – família, casa, trabalho – faz com que às visitas ao médico fiquem cada vez mais em segundo plano. Contudo, a Dra. Lorena Amaral, faz um alerta à população feminina: “a prevenção é o melhor caminho para evitar doenças como o câncer de mama”, enfatiza.

A especialista explica que o câncer de mama é o segundo tipo de tumor mais frequente no mundo. Além disso, o Instituto Nacional do Câncer (INCA) estima que este ano sejam diagnosticados mais de 500 mil novos casos da doença.

Para diminuir a ocorrência desta enfermidade, nada melhor do que ter bons hábitos de vida e fazer exames preventivos. “A mamografia é o método mais recomendado para o diagnóstico precoce do câncer de mama, pois permite visualizar tumores pequenos, antes mesmos de serem percebidos no autoexame”, esclarece a médica. Em 2013, o laboratório Pasteur realizou mais de 8 mil exames.

O diagnóstico precoce pode diminuir as chances de morte da paciente de 30 a 70%. Por isso, as mulheres devem realizar a mamografia pela primeira vez entre os 35 e 40 anos de idade. Já dos 40 aos 70 anos é preciso se submeter a controles anuais.

“Recomendamos esses procedimentos para as pacientes que não têm histórico de câncer de mama em parentes de primeiro grau. Caso exista um diagnóstico da enfermidade na família, é preciso começar os exames 10 anos antes da idade em que o câncer foi detectado no parente. Ou seja, se a mãe teve a doença aos 35 anos, as filhas devem fazer a mamografia aos 25 anos.”, acrescenta a especialista.

Dra. Lorena lembra, ainda, que é sempre importante guardar as imagens das mamografias e levá-las na realização do próximo exame. “Levar os exames anteriores para o médico radiologista é fundamental. Assim, ele pode dar um laudo comparativo, analisando possíveis mudanças”, destaca.

Muitas mulheres se queixam de que a mamografia traz desconforto e pedem ao médico para trocar o exame pela ultrassonografia ou pela ressonância magnética. Entretanto, a Dra. Lorena ressalta que cada exame tem sua particularidade e nenhum deles substitui por completo o outro. “O desconforto é bem rápido se comparado à importância do exame. É sempre bom lembrar que o diagnóstico precoce salva vidas.”

.

Fonte

Lorena Amaral – Médica radiologista, especialista em mama, do laboratório Pasteur.

.

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 29 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

 

.

 

*****

 


Susanne Melo
Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
Tel: (55 61) 3039-8393
Cel: (55 61) 9977-9318




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.