Filhos de diabéticos devem fazer controle rigoroso da glicose

Especialista explica que a doença tem forte influência hereditária. Por isso, familiares devem fazer a dosagem da glicemia com mais frequência, para um diagnóstico precoce

 

Em 14 de novembro é comemorado o Dia Mundial do Diabetes. As estatísticas de incidência da doença são alarmantes. De acordo com o Ministério da Saúde, o diabetes afeta cerca de 246 milhões de pessoas em todo o mundo. Já no Brasil, 5,2%, da população adulta (acima de 18 anos), mais de seis milhões de pessoas, são diagnosticadas com a enfermidade.

Muitas pessoas ainda não sabem ao certo o que é o diabetes e quais são os tipos da doença. Prova disso é a pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (IBOPE), realizada com 1.106 pessoas, de 18 a 60 anos, nas capitais Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre e Recife. O estudo revelou que 34% dos entrevistados não sabiam que tipo de diabetes tinham.

Dr. Sérgio Vencio explica que a doença é decorrente da falta de insulina produzida pelo pâncreas, ou de uma dificuldade na sua ação, o que causa o aumento da glicose (açúcar) no sangue. Ele acrescenta que existem dois tipos de diabetes. “No diabetes tipo 1, o pâncreas perde a capacidade de produzir insulina, devido a um defeito do sistema imunológico, fazendo com que os anticorpos ataquem as células que produzem esse hormônio. Não se sabe exatamente a causa do início deste processo, mas pesquisas indicam fatores genéticos, vírus, dentre outros.”

O diabetes tipo 2 é resultado de um mecanismo duplo, pois existe tanto uma resistência à ação da insulina nas células do organismo quanto uma redução progressiva da produção de insulina pelo pâncreas. “Este é o tipo mais comum do diabetes, representando cerca de 90 a 95% dos casos. Além disso, o início é mais frequente na idade adulta, porém com a epidemia de obesidade em todo o mundo, a incidência em crianças é cada vez mais comum”, ressalta Dr. Sérgio.

O médico acrescenta que o diabetes tipo 2 está associado ao excesso de peso, à vida sedentária, idade avançada, além de ter forte influência hereditária. Ou seja, filhos de pais diabéticos devem fazer a dosagem da glicose no sangue com mais frequência, a fim de diagnosticar a doença precocemente.

.

Diagnóstico e tratamento

O diabetes pode ocasionar vários sinais e sintomas, entre eles: sede excessiva; vontade de urinar diversas vezes; perda de peso (mesmo sentindo mais fome e comendo mais do que o habitual); visão embaçada; infecções repetidas na pele ou mucosas; machucados que demoram a cicatrizar; cansaço inexplicável; e dores nas pernas.

“Em muitos casos, não há sintomas importantes até que a pessoa apresente um quadro grave. O paciente pode passar muito tempo, às vezes anos, para descobrir a doença. Isto ocorre com maior frequência no diabetes tipo 2. Portanto, é importante pesquisar diabetes em todas as pessoas com mais de 40 anos de idade”, comenta Dr. Sérgio Vencio.

O médico conta que o diagnóstico do diabetes é fácil. “Podemos identificar se um paciente é diabético apenas pelo exame de glicemia em jejum. Este exame mede o nível de açúcar no sangue naquele momento e dependendo do resultado é possível saber o tipo da doença.”

Existem ainda dois exames que auxiliam na detecção da enfermidade. Um deles é o de hemoglobina glicada, que mostra a concentração de hemoglobina nos últimos três meses, sendo um procedimento fundamental para fazer o monitoramento do diabetes. Além deste, o exame de curva glicêmica, que mede a velocidade com que seu corpo absorve a glicose após a ingestão, também ajuda a detectar a doença. Neste caso, resultados de altas concentrações de glicose no sangue indicam um paciente com diabetes.

De acordo com a pesquisa do IBOPE, 87% dos entrevistados acreditam que apenas evitar o consumo de açúcar é suficiente para evitar o diabetes tipo 2. O endocrinologista alerta que só esta medida não é o bastante. “É preciso manter uma vida saudável com atividades físicas, controle da alimentação, monitoração da glicemia, entre outros. Além disso, tabaco e álcool devem ser evitados. O fator mais importante é a manutenção do peso, não engordar é a principal forma de evitar o diabetes”, conclui Dr. Sérgio.

.

Dia D

Para conscientizar a população de Cuiabá sobre a importância de prevenir o diabetes, o laboratório Cedic Cedilab, em parceria com a Associação Matogrossense das pessoas com Diabetes e seus Familiares (Amped/MT), promove no sábado (16) uma caminhada no Parque Mãe Bonifácia. O evento, que acontece a partir das 7h, terá ainda testes gratuitos de glicemia.

.

Fonte

Sérgio Vencio – Médico endocrinologista do laboratório Pasteur.

 

 

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 29 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

 

 

 

.

*****

 

Gabriel Valério
Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
São Paulo / Rio de Janeiro / Brasília
Tel: (55 61) 8145-6840 / 3039-8101

 

                                                         




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.