Hábitos alimentares saudáveis devem começar na infância

No Distrito Federal, 35% da população maior de 18 anos costuma consumir carnes com excesso de gordura, enquanto apenas 24% ingere cinco ou mais porções diárias de frutas e hortaliças. Isso reflete na estatística de excesso de peso, que na capital federal é de 47%, segundo dados da pesquisa Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizada pelo Ministério da Saúde.

O Dr. Mauro Scharf explica que adotar um estilo de vida saudável já no início da vida é fundamental para prevenir doenças. “Neste Dia Mundial da Alimentação devemos alertar, mais uma vez, sobre os hábitos alimentares que, certamente, podem apontar como será o futuro da saúde da população.”

O médico destaca que uma pesquisa apresentada no Congresso 2013 da Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC) apontou que as crianças obesas têm danos nos vasos sanguíneos. No estudo, foi descoberto que as crianças obesas apresentaram estágios iniciais de aterosclerose, doença caracterizada pelo entupimento das artérias.

Além disso, na pesquisa as crianças obesas também apresentaram resistência à insulina, caracterizando uma fase de pré-diabetes, bem como o aumento da pressão arterial sistólica. “É extremamente preocupante que crianças obesas já tenham os primeiros sinais de aterosclerose, o que as coloca em maior risco de desenvolver doenças cardíacas na vida adulta. Isso sem mencionar os primeiros sinais de diabetes. Por isso, é fundamental que as crianças sejam ativas e tenham uma alimentação saudável. Desta forma, conseguimos evitar que elas se tornem obesas e estejam condenadas a uma vida de problemas de saúde”, alerta o médico.

O endocrinologista lembra que, no Brasil, aproximadamente uma em cada três crianças está acima do peso e que maus hábitos têm um impacto altíssimo nestes jovens. “Ter hábitos saudáveis desde cedo é essencial para evitar o surgimento de doenças no futuro, uma vez que os efeitos das escolhas continuam até a idade adulta. Por isso, o exercício físico regular e uma dieta balanceada precisam fazer parte do cotidiano desde a infância”, finaliza Dr. Mauro.

.

Fonte

Mauro Scharf – Médico endocrinologista do laboratório Pasteur.

.

.

           Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

      O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 29 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

.

*****

 

Gabriel Valério
Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
São Paulo / Rio de Janeiro / Brasília
Tel: (55 61) 8145-6840 / 3039-8101




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.