Doença de Crohn é diagnosticada pela enterografia

Para identificar e avaliar a enfermidade, especialista recomenda os exames de
tomografia computadorizada e ressonância magnética

.

Dores abdominais, diarreia e perda de peso. Estes são os principais sintomas da Doença de Crohn, uma enfermidade inflamatória intestinal pouco conhecida pela população. De acordo com a Organização Europeia de Crohn e Colite (ECCO), a incidência da patologia teve um crescimento de 10 e 15 vezes nas últimas cinco décadas em grandes cidades.

A Doença de Crohn não tem causas definidas. Além disso, pode se manifestar em qualquer parte do tubo digestivo, desde a cavidade oral até a região anal. Porém, é mais comum no final do intestino delgado (íleo) e do intestino grosso (cólons). “É muito importante que o paciente procure um especialista para obter um diagnóstico preciso. As pessoas não devem nunca fazer autodiagnóstico e nem automedicação”, alerta Dr. Rodrigo Abdalla de Vasconcelos.

A enterografia é um dos principais exames de imagem para a detecção da doença. “Este exame é indicado para suspeita clínica em investigação, a fim de comprovar a patologia, ou ainda no estadiamento, com o objetivo de diagnosticar áreas de comprometimento no intestino delgado, identificar e caracterizar o predomínio das fases inflamatória, fibroestenótica ou fistulizante”, explica. Ele acrescenta que o exame é eficaz, também, na avaliação de resposta ao tratamento.

O médico ressalta que existem dois tipos de enterografia: a realizada pela tomografia computadorizada (entero-TC) e a feita pela ressonância magnética (entero-RM). “A definição de qual tipo de exame utilizar depende do especialista que acompanha o paciente. Ambos são muito eficazes. Contudo, a tomografia computadorizada é recomendada para investigação inicial do caso ainda sem diagnóstico definido, já que tem maior resolução espacial e temporal em comparação com a ressonância magnética, permitindo melhor avaliação inclusive dos demais órgãos abdominais.”

Ele esclarece que a ressonância magnética, por outro lado, é mais indicada nas avaliações de estadiamento e evolução de tratamento, evitando exposição desnecessária a radiações, principalmente em pacientes jovens, que podem necessitar de vários controles repetidos ao longo da vida.

Por apresentar maior precisão do que os métodos tradicionais, a enterografia é utilizada, ainda, no diagnóstico de outras Doenças Inflamatórias Intestinais (DII), doença celíaca, intolerância à lactose, doenças polipóides intestinais, como a síndrome de Peutz-Jeghers, além de ser útil na pesquisa etiológica de outras causas de diarreia crônica ou de sangramento oculto.

Fonte

Rodrigo Abdalla de Vasconcelos – Médico radiologista do laboratório Pasteur

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

      O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 29 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

.

 

*****

 

 

Gabriel Valério
Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
São Paulo / Rio de Janeiro / Brasília
Tel: (55 61) 8145-6840 / 3039-8101

 

                                                   




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.