Mãe aos quarenta anos

Especialista explica que planejar gravidez nesta faixa etária é fundamental para evitar os fatores de risco

.

No próximo dia 12 será comemorado o Dia das Mães. Em uma sociedade como a brasileira, a gravidez tardia é muito comum, pois as mulheres optam por buscar, cada vez mais, estabilidade antes da constituição de uma família. “Recebemos com muita frequência pacientes acima de 35, 40 anos tentando uma primeira gestação”, confirma Dr. Jurandir Passos.

O médico explica que as novas técnicas de reprodução assistida proporcionam gestações saudáveis até para mulheres que estão na menopausa. “É claro que utilizando esta técnica o óvulo não é da própria paciente e, sim, de uma doadora. Mas isso permite que a mulher engravide e consiga levar a gestação adiante”, esclarece. Este método pode ser usado, também, em mulheres que tiveram algum problema e os ovários deixaram de funcionar antes do tempo.

Contudo, Dr. Jurandir alerta que uma gravidez não planejada nesta faixa etária é muito arriscada. “Recomendamos sempre que a mulher consulte um médico antes de engravidar, pois juntos eles poderão programar a gestação, avaliar os fatores de risco e evitar complicações”. O especialista destaca que a evolução constante da medicina é fundamental para este tipo de caso. “Os avanços proporcionam a cada dia que passa um suporte melhor para gestações consideradas de alto risco. Hoje, temos a possibilidade de diagnósticos que antes não existia como, o teste genético, feito entre 11 e 14 semanas, para ver se a criança apresenta alguma anomalia”, exemplifica.

Um dos grandes problemas da gravidez tardia são as doenças associadas à idade avançada como, por exemplo, hipertensão arterial, diabetes, etc. “Desta forma, o pré-natal é ainda mais importante, porque nesta fase serão solicitados vários tipos de exames necessários para a boa evolução da gravidez”, completa. Mesmo que tudo pareça saudável, a futura mamãe deve procurar um médico de confiança que acompanhe todo o período gestacional, o nascimento e o pós-parto.

.

Indicação de exames durante a gestação

* 1º trimestre
1. Hemograma Completo
2. Tipagem Sanguínea
3. Sorologia para Sífilis (VDRL e FTA Abs), HIV, Hepatite B e C, Toxoplasmose, Rubéola e Citomegalovírus
4. Urina I e Urocultura
5. PPF (Protoparasitológico de Fezes)
6. Papanicolaou (colpocitologia oncótica)
7. Ultrassom Básico Obstétrico Endovaginal ou Transvaginal
8. Ultrassom com translucência nucal fetal no período entre 11- 13 semanas de gestação (avalia risco de má formação fetal).
9. Teste combinado (dosagem do PAPP-A e fração livre do Beta -HCG)
10. TSH e T4 Livre
11. Coombs Indireto (se a mãe for Rh negativo e o pai Rh positivo)
12. Cariótipo (biópsia do vilo corial ou amniocentese em pacientes acima de 35 anos) – opcional

* 2º trimestre
1. Ultrassom Morfológico
2. Teste de tolerância oral a glicose simplificado- TTOG-S.
3. Dosagem de alfafetoproteína (melhor por volta da 16 semana de gestação).
4. Repetir as sorologias que estavam negativas ( HIV, Hepatite, Toxoplasmose.)

* 3º trimestre
1. Ultrassom Obstétrico
2. Cardiotocografia
3. Ultrassom Obstétrico com Dopplervelocimetria Colorida
4. Perfil Biofísico Fetal
5. Ecocardiografia fetal de nível I
6. Ecocardiografia fetal de nível II em casos de alto risco.
7. Dosagem de Uréia, Ácido úrico e Creatinina se necessário.
8. Teste de Enzimas Hepáticas (Perfil) se necessário.
9. Glicemia e curva glicêmica, se necessário.
10. Ecocardiograma e Eletrocardiograma, se necessário.
11. Monitoramento Ambulatorial da Pressão Arterial (deve ser feito durante todo o pré-natal, assim como o controle do peso materno).

.

Fonte

Jurandir Passos – Médico ginecologista e obstetra do laboratório Pasteur.

.

Sobre o Pasteur Medicina Diagnóstica

O Pasteur nasceu há 38 anos em Brasília e atualmente possui 31 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado referência no segmento de medicina diagnóstica, o laboratório disponibiliza aos clientes serviços com qualidade e credibilidade. E, para quem não tem plano de saúde, o programa Pasteur Popular oferece exames com preços acessíveis para toda a família. A marca conta, ainda, com o projeto Pasteur Melhor Idade, que oferece atendimento diferenciado para idosos e uma série de vantagens, como descontos especiais no valor dos exames de análises clínicas, anatomia patológica e imagem. Com o objetivo de buscar continuamente mais conforto aos pacientes, o laboratório desenvolveu o conceito de atendimento integrado na Mega Unidade Taguatinga Norte, que oferece mais de três mil tipos de exames de análises clínicas, anatomia patológica e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações acesse o site www.pasteur-df.com.br ou entre em contato com o Atendimento ao Cliente no (61) 4004-9669.

.

*****

 

Gabriel Valério
Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
São Paulo / Rio de Janeiro / Brasília
Tel: (55 61) 8145-6840 / 3039-8393

 

                   




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.