Campanha Nacional de Prevenção de Dor na Coluna movimenta Parque da Cidade em Brasília

A Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRC) realizou na manhã deste sábado (2/2) a Campanha Nacional de Prevenção de Dor na Coluna, no Parque da Cidade (Brasília). A programação contou com a distribuição de 500 cartilhas explicativas, além de consultas e orientações gratuitas com uma equipe de dez fisioterapeutas. Outras 30 cidades participaram da campanha, que conta com parceria do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral (ITC Vertebral) e do Instituto New Pilates. O objetivo é tornar a prevenção acessível ao público de todas as idades e camadas sociais. As cartilhas também podem ser acessadas pelo site: http://tratamento.herniadedisco.com.br/cartilha/

Campanha Dor nas Costas

Diagnosticada com hérnica de disco há dois anos, a engenheira Juliana Mol, 35 anos, afirma que a iniciativa é importante para estimular a prática de exercícios e dar mais visibilidade aos problemas relacionados às dores nas costas. “Quando fui diagnosticada com hérnia de disco, sentia dores horríveis e fui encaminhada para a cirurgia por um médico. Mas optei por um tratamento conservador com fisioterapia, que foi tão positivo que até hoje sigo as dicas que constam na cartilha. Os exercícios são fundamentais para se ter qualidade de vida”, conta.

Na avaliação da diretora da ABRC em Brasília, Angela Lepesquer, o evento superou as expectativas e atingiu o objetivo de conscientizar um público diversificado. “A campanha foi um sucesso, e conseguimos atingir um ótimo público na questão de despertar a conscientização sobre a importância de reparar o próprio corpo para a prevenção de dores na coluna”, comenta a fisioterapeuta, especialista em Coluna Vertebral.

Segundo a Dra. Angela Lepesquer, os principais problemas de dores na coluna, como lombalgia e hérnia de disco, são causados por maus hábitos posturais, além de sedentarismo e fatores secundários como tabagismo, obesidade e hereditariedade. “Para prevenir esses problemas, tão comuns, é preciso fortalecer a musculatura da coluna a partir de exercícios e correção de hábitos ruins de saúde, como não se acomodar ao se sentar, não manter o corpo na mesma posição durante longos períodos, além de adaptações ergonômicas”.

Atendimento durante o evento

Segundo dados do IBGE, no Brasil a dor nas costas é a terceira causa de aposentadoria e a segunda de licença ao trabalho. Estatísticas também indicam que 13% das consultas médicas são provenientes de queixas de dor na coluna vertebral e, em nosso país, já são mais de 5,3 milhões de pessoas com hérnia de disco. A Organização Mundial da Saúde afirma que 80% da população mundial terá, pelo menos, um episódio de dor na coluna durante a vida.

.

Mais informações: http://tratamento.herniadedisco.com.br/cartilha/

 

 

 

*****

Assessoria de imprensa

Gulyas Comunicação / (61) 8428 0719 / 8177 3832
gulyascomunicacao@gmail.com
Clarice Gulyas
claricegulyas@gmail.com>
Fotos: Luis Xavier

Outras fotos
http://claricegulyas.blogspot.com.br/2013/02/campanha-nacional-de-prevencao-de-dor.html




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.