Os perigos do sol no Verão

A estação mais esperada do ano é, também, a mais propícia para o Câncer de Pele, doença que matou, em 2010, quase três mil pessoas

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que até o final deste ano serão diagnosticados cerca de seis mil novos casos de Câncer de Pele Melanoma e aproximadamente 134 mil do tipo não-melanoma. A importância do sol para a saúde é inquestionável. Dentre outros efeitos positivos, os raios ultravioleta ajudam o organismo a absorver cálcio, aumentam a resistência do corpo contra doenças infecciosas e exercem interferência direta sobre o humor e o bem-estar das pessoas. Mas a radiação ultravioleta é, também, a principal responsável pelo desenvolvimento do Câncer de Pele, o tipo mais frequente da doença entre homens e mulheres, correspondendo por cerca de 25% de todos os tumores malignos registrados no Brasil.

Dr. Selmo Minucelli alerta que todas as pessoas podem desenvolver a doença, mas principalmente as de pele, olhos e cabelos claros ou ruivos, que sempre se queimam, mas nunca se bronzeiam, ou aquelas pessoas que possuem histórico familiar de Câncer de Pele. “A prevenção é evitar exposição solar entre às 10h e 16h, usar chapéu, camisetas e protetores solares a cada duas horas”, indica.

Dr. Minucelli explica que o Câncer de Pele é caracterizado pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, dependendo de qual delas é afetada, surgem os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os Carcinomas Basocelulares e os Espinocelulares. De forma geral, o mais perigoso é o Melanoma Malígno. “Quando detectado precocemente, o Câncer de Pele apresenta altos percentuais de cura, chegando a 95% em alguns casos”, ressalta.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia recomenda que além da proteção solar seja feita uma avaliação clínica da pele para prevenir a doença. A orientação é observar o surgimento de pintas ou manchas de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolor. Além disso, manchas ou feridas que não cicatrizam e que continuam crescendo e apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento devem ser analisadas com mais rigor.

O oncologista lembra que, para não prejudicar a saúde e nem acelerar o envelhecimento, é importante se proteger na praia, mas também no dia-a-dia, principalmente nas regiões onde o sol aparece o ano todo. “A regra também vale para os dias nublados, pois a radiação UVA, responsável pelo envelhecimento e pelo aparecimento de melanoma, atinge a Terra durante todo o dia. E lembre-se que a incidência da radiação UVB, causadora dos carcinomas, se intensifica entre 10h e 15h”, finaliza.

Fonte

Selmo Minucelli – Médico oncologista do laboratório Exame.

Sobre o Exame Laboratório e Imagem

O Exame nasceu há 36 anos em Brasília e atualmente possui mais de 300 colaboradores e 29 unidades de atendimento no Distrito Federal e Entorno. Considerado uma referência para o segmento de exames por análises clínicas brasileiro, disponibiliza serviços e soluções diferenciados, oferecendo qualidade, confiança, credibilidade, conveniência e tecnologia de ponta. Através do Exame Melhor Idade oferece medicina diagnóstica com qualidade a preços populares para idosos, e também conta com espaço exclusivo para as crianças. Com o objetivo de buscar continuamente a inovação, a marca conta com unidades em hospitais e em importantes centros comerciais, que disponibilizam mais de três mil exames de análises clínicas e diagnóstico por imagem no mesmo local.

Para mais informações:  www.laboratorioexame.com.br

*****

 Carol Rodrigues

Imagem Corporativa
www.imagemcorporativa.com.br
www.twitter.com/icdigital
São Paulo / Rio de Janeiro / Brasília
Tel: (55 61) 9153-7379 / 3039-8101




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.