Exercícios físicos x silicone – quais são os cuidados na hora de se exercitar

A busca pelo corpo perfeito faz as mulheres lotarem as academias. Barriga chapada, perna torneada, bumbum durinho: sempre há uma sequência de exercícios que podem turbinar a silhueta e contribuir para deixá-la mais perfeita. No entanto, o sonho de aumentar os seios não se resolve com atividade física. Neste caso, é fundamental apostar em uma cirurgia plástica. “E é importante adotar alguns cuidados especiais na hora da atividade física após aumentar o tamanho das mamas”, diz a dra. Ana Paula Polato Guiné. Porém, segundo ela, nada que impeça a paciente de voltar ao ritmo habitual em pouco tempo.
                           

Para esclarecer todas as dúvidas, confira as orientações da especialista:

1. É necessário interromper a prática esportiva antes e depois da cirurgia?

Antes não há qualquer restrição, sendo que é possível manter o exercício até a véspera do procedimento. “Orientamos repouso completo dos braços por, pelo menos, dez dias, período de cicatrização, onde a movimentação tem grande chance de gerar deslocamentos, abertura de pontos e sangramentos”.

Normalmente o retorno às atividades físicas ocorre após três semanas, com caminhadas leves sem impacto ou bicicleta ergométrica sem apoio. A musculação para membros inferiores também só deve ser iniciada após 30 dias, pelo apoio necessário para realizar grande parte dos movimentos.

Depois de 40 dias, pós-cirurgia, é possível retomar a musculação para braços com atuação apenas da musculatura do bíceps e tríceps, evitando a atividade da região dos ombros, peitoral e costas. “Ao retornar para a academia, é preciso usar carga leve e ir aumentando aos poucos até que se alcance os volumes pré-operatórios”, acrescenta a médica. Somente após 60 dias a musculação poderá envolver ombros, peitoral e costas. Isso porque após esse período não há mais risco significativo de deslocamento das próteses.
          

2. Quem tem silicone deve pegar mais leve na musculação?

As restrições são temporárias. Nos implantes subglandulares (abaixo da glândula mamária e acima do músculo peitoral maior) e subfasciais (abaixo da fáscia do músculo peitoral) o indicado é suspender toda atividade física que envolva a região muscular peitoral, ombros e costas, por 60 dias. “Isso porque atuam na região operada e eleva a chance de deslocamento da prótese e até sangramentos”. Já nos implantes submusculares (abaixo do músculo peitoral) a restrição chega aos 90 dias, pois a manipulação muscular é maior.
     

3. É indicada proteção ou sustentação extra para praticar exercícios aeróbicos?

De acordo com a especialista, é mais seguro após o retorno das atividades de impacto o uso de sutiã justo ou um conjunto de dois tops para garantir uma sustentação adequada do seio e, sobretudo do implante, com objetivo de diminuir a mobilidade da mama.
          

4. É arriscado praticar boxe ou lutas?

Encerrado o período de recuperação após a colocação da prótese, não há qualquer risco para a realização desses esportes. “Os implantes apresentam alta resistência a impactos externos e a probabilidade de ruptura é praticamente nula”. Além disso, há implantes que apresentam um revestimento especial que promove uma aderência aos tecidos (gordura, mama), evitando deslocamentos e/ou rotação, mesmo após traumas externos.
             

5. O aumento dos seios pode provocar problemas de postura durante a malhação?

Sim, embora isso seja mais comum em pacientes que já apresentavam problemas posturais no pré-operatório. “Mulheres submetidas à colocação de implantes muito volumosos podem apresentar alterações posturais. Por isso, sempre é indicado terapia de reposicionamento postural após o implante”, completa a médica.
   
 
Fonte

Ana Paula Polato Guiné  – Cirurgiã Plástica (CRM-87.718).
           

*****
         

Sacha Silveira Assessoria de Comunicação
MTB – 51.948-SP
Tel –  (11) 2592-5934/2679-4437/8949-3747
Endereço – Avenida Conselheiro Rodrigues Alves, 1239
Site – http://www.sachasilveira.com.br
E-mail – sachasilveira@sachasilveira.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.