Mau hálito tem solução

Núcleo do Hálito, em Salvador, trata de delicado assunto com conhecimento e discrição
Faça a avaliação do seu hálito
  

Mau hálito tem cura

O mau hálito (ou halitose) existe na população desde o princípio da humanidade e o maior problema para quem sofre é descobrir. Como o nariz se acostuma com o cheiro, a chamada fadiga olfatória, muitas vezes quem tem, não sabe disso, e quem sente – o namorado, o marido, ou o amigo -, nem sempre se sente confortável em abordar o assunto.

Uma  alternativa é fazê-lo por email de forma anônima. Isso pode ser feito através do site da Associação Brasileira de Halitose – ABHA (www.abha.org.br/sosmauhalito), que dispõe desse recurso, enviando um email alertando a pessoa para essa questão de forma bem cuidadosa e educada.

O mau hálito (ou halitose) existe na população desde o princípio da humanidade e o maior problema para quem sofre é descobrir. “E muitas vezes quem tem, não sabe disso”.

O mau hálito pode causar uma discriminação social importante que acaba por isolar o indivíduo do convívio social ou então faz com que ele se retraia.

A Núcleo do Hálito é uma clínica que realiza o diagnóstico e o tratamento da halitose em Salvador. Ela atende na  Núcleo de Odontologia, uma clínica integrada com várias especialidades da área odontológica.

Os pacientes aguardam pelo atendimento numa sala comum a todas as especialidades, o que garante a confidencialidade da razão da consulta.

Existem dois tipos de halitose:

* Transitória – quase todo mundo tem e se manifesta quando ingerimos alimentos de odor carregado (ex: alho, cebola) e também fazendo parte desta categoria, o mau hálito matinal que é fisiológico, ou seja normal pois como sabemos quando dormimos não produzimos saliva e consequentemente a boca fica seca e mais suscetível à ação das bactérias produtoras de odor.

* Crônica – está geralmente associada a algum tipo de disfunção ou patologia. Este caso requer o  tratamento  com um profissional qualificado e especializado em halitose.

“Uma boa notícia é que o problema tem solução”, garante a  Dra. Lucía. E ela não está nas balas ou enxaguatórios bucais que só marcaram temporariamente o problema. A solução está em descobrir a causa do mau hálito, que não é uma doença e sim um sintoma.
         

Principais causas do mau hálito – Halitose

* Saburra lingual
* Hipossalivação (baixa produção de saliva)Doença periodontal
* Cáries
* Má higienização bucal
* Cáseos amigdalianos
* Rinite
* Sinusite
* Amigdalite
* Adenoide
* Hipoglicemia (causada por dietas ou por jejum prolongado)
* Diarreia
* Constipação intestinal
* Diabete
* Alterações hepáticas, pulmonares, renais.
       

Como é feito o Diagnóstico da Halitose?

A consulta consiste de uma extensa anamnese e a realização de alguns exames muito importantes para o diagnóstico da halitose: exame clínico, medição do fluxo salivar (sialometria) e medição dos gases que produzem o mau hálito (halimetria).

Para realizar a halimetria a Núcleo do Hálito dispõe do OralChroma, que é o aparelho mais moderno que existe para essa finalidade e nos dá parâmetros seguros no acompanhamento do tratamento. Solicitamos ao paciente que preencha uma grade alimentar, fornecida por nós, para que possamos avaliar os hábitos alimentares.

Depois de coletar todos os dados e informações possíveis podemos instituir o tratamento mais adequado.

É importante salientar que podem existir fatores emocionais envolvidos em muitos casos de pacientes portadores de mau hálito. 

A halitose crônica é um problema que pode afetar bastante a vida social e afetiva do paciente, trazendo constrangimento, insegurança e muitas vezes isolamento social. Esses fatores subjetivos também precisam ser reconhecidos e trabalhados pelo profissional, durante todo o tratamento.
       

Fonte

Lucía Amoedo – Dentista de formação, após muitos anos de experiência na área clínica aliou seus conhecimentos à área da psicossomática e se qualificou no tratamento da halitose. Atende no Núcleo do Hálito, em Salvador, investigando as causas locais, emocionais e sistêmicas.  É uma profissional dedicada e comprometida com seus pacientes e fez os melhores cursos de capacitação e qualificação em Halitose no Brasil. Diversos cursos de pós-graduação em clínica odontológica. Curso de aperfeiçoamento em Dentística Restauradora pela Faculdade Unicastelo(Bahia). Curso de formação em Psicossomática pelo IJBA. Curso de formação em Halitose pelo método Theotónio & Dutra (Rio de Janeiro). Curso de formação em Halitose com Dra. Olinda Tárzia (São Paulo)). Curso de formação em Halitose Vieira & Falcão (Brasília). Membro da Associação Brasileira de Halitose (ABHA).
http://www.nucleodohalito.com.br/  

   

Núcleo do Hálito

http://www.nucleodohalito.com.br
Av. Tancredo Neves, 1632, edf. Salvador Trade Center Torre Norte, salas 714/715, Caminho das Árvores, Salvador – BA.
Telefones: 55 71 3113-1830 / 71 3272-0136 
               

*****
         

Cris Fusco
Flavia Fusco Assessoria de Imprensa e Comunicação
11.3083.1250 / 11.7865.0554 – ID 111*65502
cris@flaviafusco.com.br

www.flaviafusco.com.br 

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.