Mais qualidade de vida para os diabéticos

No Dia Mundial da Diabetes (14/11), a importância da prática de atividades físicas é lembrada para reverter mal estar causado pela doença
         

Salomão Assad

Um adeus à fadiga, indisposição, à perda de peso e às dores generalizadas. Diabéticos podem e devem praticar exercícios. Foi nas aulas de musculação e de bike in door que Salomão Assad, 37, resolveu dar um fim ao mal estar provocado pelo diabetes tipo A (com reposição de insulina), diagnosticado há quatro anos. Segundo o analista de sistemas, o único cuidado que tem ao malhar é consultar o nível glicêmico antes dos exercícios e acompanhar o decaimento ao longo da atividade física para evitar a hipoglicemia. “Não faço nada diferente do que qualquer pessoa equilibrada e com bons hábitos faria. Nesse aspecto, não me sinto excluído de nada”, afirma. “Tudo fica melhor: a disposição, a energia durante o dia, a facilidade em acordar, a concentração e o sono”, aprova Salomão, que também mantém uma alimentação balanceada.

De acordo com o professor Carlos Fernandes, a musculação é uma das atividades mais indicadas para os diabéticos, pois aumenta a sensibilidade à insulina, que é o hormônio que o diabético tem dificuldade em produzir ou controlar, aumentando a glicose circulante no sangue que é o principio da diabetes. “Com a orientação adequada, o diabético pode fazer qualquer exercício, pois eles ajudarão na liberação de outros hormônios importantes (cortisol e hormônio do crescimento).  O importante é equilibrar a intensidade, e fazer o controle da glicose antes e depois da atividade. Há clientes que já trazem o kit de medir a glicemia e o fazem mesmo na academia. Quando o teste de glicemia resulta em um número muito baixo (abaixo de 100mg/dl) ele já está entrando em hipoglicemia e precisa se alimentar (por isso que muitos diabéticos já trazem um “lanche-emergencial” também) e se o resultado for muito alto (300mg/dl) ele deve parar a atividade, pois esta aumentará o nível de glicemia”, afirma.
                  

Fonte

Carlos Fernandes – Professor de Educação Física e especialista em Musculação e Treinamento de Força.

Professor Carlos Fernandes

            

 

 

 

 

 

 

           

 

*****

 

Assessoria de imprensa da Fit Park Academia (214 Norte):
Clarice Gulyas
(61) 8428 0719 / 8177 3832




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.