Sono e diabetes – insônia pode ser uma das causas da doença

Dia 14 de novembro é o Dia Mundial  do Diabetes
           

Dentre as muitas doenças que podem ser desenvolvidas ou adquiridas em decorrência da insônia, a diabetes é uma das mais caracterizadas. Por isso, o portador da doença precisa se preocupar com o que acontece nas suas noites. Dormir pouco é ruim em muitos aspectos e ainda pode complicar consideravelmente os sintomas de diabetes.

A diabetes é caracterizada pelo aumento anormal do açúcar no sangue. Fonte de energia para o corpo, a glicose é boa na quantidade correta, mas traz problemas quando está em excesso. A diabetes pode levar a infartos, derrames cerebrais e insuficiências renais, entre outros problemas

E o que tudo isso tem a ver com o sono? Pessoas que dormem menos têm maior quantidade de glicose no sangue. Além disso, o nível do hormônio insulina, que é responsável pela redução da taxa de glicemia, fica abaixo do normal. Dra. Carolina Carmona de Oliveira, confirma que “a privação do sono promove aumento de estresse e isso leva à resistência da ação da insulina e aumento da glicose”.

Ou seja, a pessoa que dorme pouco não apenas aumenta a glicemia do sangue como também diminui o efeito do hormônio responsável em equilibrar essa característica dentro dos vasos sanguíneos. Tudo isso ocorre por conta do estresse que envolve o fato de dormir mal.

Quem sofre de insônia ou acorda muito durante a noite por qualquer distúrbio do sono tende a ficar mais estressado e ter alterações no humor, principalmente no dia da ocorrência do problema. Esse nervosismo diminui a ação da insulina e, somado ao fato do aumento da glicose, pode levar a maiores complicações.

A fisioterapeuta, explica ainda que o tratamento para a insônia depende da causa e da gravidade da doença. Para os casos mais simples, pequenas mudanças comportamentais podem ajudar a alterar esse quadro, como a eliminação do consumo de álcool e tranquilizantes, a prática regular de alguma atividade física, a redução ou a suspensão completa do fumo, além da correção da postura durante sono.  Essa última medida deve ser obtida aliada ao uso do travesseiro em altura e suporte apropriados para o seu tipo físico.
  

Fonte

Carolina Carmona de Oliveira – Fisioterapeuta da Duoflex, com especialização em Saúde do Sono.

 

 

SAC especializado em sono

A Duoflex tem  um Serviço de Atendimento ao Consumidor com especialização em sono, ou seja, profissionais habilitados a darem orientações para melhorar a qualidade do sono.
       

*****

     

Rita Cirne
Coordenadora de Assessoria de Imprensa
rita.cirne@dezoitocom.com.br
www.dezoitocom.com.br
Tel: 3674-4400 Ramal: 253




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.