Cuidado com as boladas

Atletas de final de semana precisam tomar cuidados com lesões na cabeça Os atletas de futebol estão sujeitos a diversos tipos de traumas, lesõese pancadas por ser um esporte de contato. Entre os traumas que requerem mais atenção e que são mais perigosos estão os que atingem a cabeça.

Um exemplo preocupante visto há pouco tempo, ocorreu no jogo entre o Flamengo e Atlético Mineiro, no estádio do Engenhão. O jogador Carlos César chutou forte a bola, e ela bateu em cheio no rosto do lateral do Flamengo Ramon, que caiu imediatamente. Segundo o jogador, a bolada parecia um soco do lutador de MMA, Anderson Silva; o golpe foi tão forte que no dia seguinte o jogador não se lembrou de nada. Apesar de a pancada ser muito comum em jogos profissionais, esse tipo de acidente não é exclusividade destes jogadores, atletas de final de semana também podem sofrer com o incidente.

Segundo o Dr. Alexandre Campello, a complicação mais temida é que ocorra hemorragia intracraniana. “O maior problema é a bolada na cabeça. Pode haver sangramento e edema cerebral e até um descolamento de retira, que pode vir a causar uma cegueira”.

Se o atleta de fim de semana receber uma pancada forte na região da cabeça e desmaiar, se sentir confuso, desorientado, tiver perda de memória ou de consciência, tontura, dor de cabeça ou falta de equilíbrio, ele precisa ser conduzido imediatamente para avaliação e observação hospitalar.

Dr. Campello afirma que mesmo que o jogador atingido na cabeça não perca a consciência, é preciso ficar atento a possíveis sintomas em casa e nas horas seguintes. “Mudanças de comportamento, enjoos e tonturas são um sinal claro que é preciso procurar um médico e avaliar se houve um dano mais sério”, completa o ortopedista.
       

Como conduzir

* Exame de imagem – caso a bolada tenha sido muito forte é necessário fazer um exame de imagem como a tomografia.
* Repouso – é preciso de repouso durante os próximos dias e colocar gelo na pancada para acelerar a recuperação.
* Visão turva – caso a visão não esteja clara é preciso procurar um oftalmologista com urgência, pois pode ocorrer um deslocamento da retina.
* Fraturas – preste atenção aos inchaços e dores porque se apancada foi muito forte, pode ocasionar fraturas na face.
              

 

Fonte

Alexandre Campello – Ortopedista e médico do Vasco da Gama.

        

*****

dmc21@dmc21.com.br
 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.