Colonoscopia – melhor método de detecção precoce do câncer colorretal

Por meio do exame, é possível um diagnóstico precoce que permite tratamento curativo menos invasivo
          

Segundo estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) em 2010, o câncer colorretal será a terceira causa mais comum de câncer no mundo. No Brasil, o número estimado é de 13.310 casos em homens e de 14.800 em mulheres. O diagnóstico na sua fase precoce é o ideal para o sucesso do tratamento e a colonoscopia é o melhor exame para a detecção.

A Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva recomenda que o exame seja feito com a frequência indicada por um especialista. Este médico deverá indicar um acompanhamento minucioso nos casos onde pólipos (tumor benigno, geralmente pedunculado, que ocorre nas superfícies mucosas) são diagnosticados e nos pacientes com histórico familiar de câncer.

“Quando detectamos a lesão em sua fase inicial, o tratamento pode ser endoscópico, evitando assim cirurgias extensas. Isso possibilita, além da resolução da doença, o retorno mais precoce do paciente às suas atividades rotineiras”, afirma Dr. Carlos Alberto Cappellanes.

O exame colonoscópico é realizado por meio da introdução de um endoscópio flexível através do reto. “Para submeter-se a este exame, o paciente necessita de um preparo que retira os resíduos do intestino, propiciando ao colonoscopista a visibilidade de toda a extensão do cólon e a detecção de alterações deste segmento do trato digestivo”, explica o Dr. Marcelo Averbach.

Além da importância do diagnóstico de câncer colorretal, a colonoscopia também é útil para diagnosticar outras doenças intestinais bem como no tratamento e acompanhamento destes pacientes.
               

Fontes

* Carlos Alberto Cappellanes –  Presidente da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva – SOBED.

* Marcelo Averbach – Médico especialista em cirurgia do aparelho digestivo.

      

*****
      

Informações para a imprensa
RS Press Comunicação
(11) 3868-2505 ou 3672-4197
Bárbara Juneck  barbara@rspress.com.br
Twitter: @rspressweb
www.rspress.com.br 
 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.