Horário de Verão requer ajustes para não prejudicar o sono

Sonolência diurna pode ser um dos efeitos da falta de adaptação do organismo
         

Adiantar  uma hora do relógio e acordar mais cedo do que o costume pode ser muito difícil para algumas pessoas e pode trazer consequências para a saúde. A falta do sono renovador causa danos na rotina diária, como no desempenho escolar, profissional, afetivo e social, além de déficits cognitivos e até  o aumento dos riscos de acidentes. Para se adequar ao novo horário é necessário se preparar ao longo da semana, dormindo mais cedo do que de costume. Tirar um cochilo mais longo durante a tarde também pode ser uma ideia para aqueles que foram pegos desprevenidos pela mudança, mas sem prejudicar o sono noturno.

“É importante que as pessoas tenham em média um período de 7 a 8 horas de sono por dia, para que os prejuízos da privação do sono não surjam em longo prazo. A manutenção da postura correta durante toda a noite associada ao uso do travesseiro em altura e suportes apropriados também são fundamentais para que se tenha um sono revigorante”, afirma Renata Federighi.

Dormir bem é essencial não apenas para ficar acordado e bem disposto no dia seguinte, mas para manter-se saudável, melhorar a qualidade de vida e até aumentar a longevidade. Dormir não é apenas uma necessidade de descanso mental e físico. Durante o sono ocorrem vários processos metabólicos, que se alterados,  podem afetar o equilíbrio de todo o organismo em curto, médio e longo prazo. Estudos provam que quem dorme menos do que o necessário tem menor vigor físico, envelhece mais precocemente, está mais propenso a infecções, à obesidade, à hipertensão e ao diabetes.

Cuidados com o travesseiro, colchão e até mesmo a temperatura do ambiente influenciam para um sono renovador e de qualidade. Além disso, para dormir bem é recomendado deixar o ambiente bem escuro, já que a claridade interfere na produção da melatonina – hormônio que avisa o cérebro que já é hora de dormir. Outro cuidado importante é o de evitar estímulos que atrapalhem um sono profundo, como TV, computador e celular.

O horário de verão entrará em vigor no dia 21 de outubro.
              

Fonte

Renata Federighi – Consultora do sono Duoflex.
       

*****
    

Thalita Fernandes
Assessora de imprensa
thalita.fernandes@dezoitocom.com.br
www.dezoitocom.com.br
Tel: 3674-4400 Ramal: 175

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.