Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Aneurisma da Aorta

Semana alerta para prevenção e combate de aneurisma da aorta
A doença é a 10ª causa de morte em todo o mundo
Metade dos pacientes morre antes de chegar ao hospital
       

A Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Aneurisma da Aorta, de 22 a 27 de outubro, no Rio Grande do Sul, reforça a importância do diagnóstico precoce como medida decisiva para evitar que a mortalidade provocada pela doença continue a aumentar. Serão realizadas palestras, distribuição de cartilhas e exames gratuitos para detecção da anomalia. Cerca de 5% da população masculina e 0,4% da feminina, acima de 55 anos, apresentam o problema.

“O Aneurisma da Aorta é grave e raramente apresenta sintomas. Trata-se de uma dilatação lenta, silenciosa e progressiva num determinado ponto da aorta, a principal artéria do organismo. Quando rompe, provoca hemorragia interna grave, resultando em 90% de óbitos. Apenas 50% dos pacientes com aneurisma da aorta em ruptura conseguem chegar vivos ao hospital. Destes, mais de 50 % morrem durante ou após cirurgia de urgência”, alerta o cirurgião cardiovascular Eduardo Keller Saadi, coordenador estadual da campanha.
 

Túnica Aneurisma

Para que a alteração na artéria seja facilmente identificada pela comunidade, a campanha deste ano vai contar com uma túnica confeccionada pela bonequeira Ana Nunes. A peça de roupa mostra, em três dimensões, o coração, a aorta e o aneurisma.  Pessoas com a roupa no corpo vão distribuir cartilhas informativas. Esta é uma das ações para tornar conhecida a enfermidade praticamente ignorada pela população. A prevenção e o diagnóstico precoce podem reverter, de maneira significativa, a história natural de sua evolução. 
   
“Esta campanha, além de oferecer promoção de saúde, traz economia para os cofres públicos. Serão evitados gastos com internações e medicamentos, medidas extremas, tardias e pouco eficazes no caso de aneurisma da aorta, já que, se diagnosticado precocemente, tem cura”, justifica o Secretário de Saúde do RS Ciro Simoni.
   

Aneurisma da Aorta

A artéria aorta recebe todo o sangue ejetado do ventrículo esquerdo do coração e o distribui para todo o corpo, com exceção dos pulmões. A aorta ramifica-se em artérias menores, desde o coração até a parte inferior do abdômen. Seu diâmetro médio é de 2 cm. Uma simples ecografia abdominal revela a situação da artéria. Se, em algum ponto passar de 3 cm é considerado aneurisma e pode ser tratado clinicamente, na maioria dos casos, quando mede até 4 – 4,5 cm. O aumento progressivo não causa dor nem sintoma algum. Quando atinge um diâmetro igual ou maior que 5 cm é preciso eliminá-lo. O risco de ruptura é maior do que o apresentado pela operação convencional.

Outra alternativa de tratamento é a cirurgia endovascular, modalidade menos invasiva que consiste na introdução de uma prótese a partir da virilha, sem necessidade de anestesia geral. Através de pequena incisão, uma endoprótese é inserida por um cateter pela artéria femoral até o local da lesão, onde é liberada e o aneurisma excluído. A internação é mais curta, de dois a três dias, e a recuperação mais rápida. O índice de mortalidade cai para 1% a 2%.
     

Fatores de risco

O aneurisma da aorta acomete mais homens, acima dos 60 anos, fumantes, que sofram de diabetes, aterosclerose, com colesterol elevado, hipertensão, doença coronária ou com antecedentes na família com o aumento da artéria.
    

Programação da Semana

Para realização de ecografias abdominais gratuitas, a partir do dia 17 deste mês, serão distribuídas 90 senhas via telefone para os primeiros que ligarem para (51) 3230.6086. Os exames ocorrem dia 20/10/2012, no Hospital Mãe de Deus – Acesso 1 (Rua José de Alencar, 286), em Porto Alegre.

Dia 22, às 19h, o Secretário Estadual de Saúde Ciro Simoni abre, oficialmente, a Semana Estadual de Prevenção e Combate ao Aneurisma da Aorta no Hospital Universitário Ulbra (Av. Farroupilha, 8001), em Canoas. O cirurgião cardiovascular Eduardo Keller Saadi ministra palestra aberta ao público e com entrada franca.

No dia seguinte (23), a palestra do Dr. Eduardo Saadi, aberta à comunidade e com entrada franca, ocorre no Auditório do Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre. Serão sorteadas mais 10 senhas para a realização de ecografias gratuitas no dia 27 de outubro no Hospital Mãe de Deus – Acesso 1.

Os resultados serão fornecidos no final de cada exame e os que apresentarem o alargamento na artéria serão orientados para tratamento.
            

*****
       
   
Jorn. Beth Nunes
Ass Imprensa
Reg Prof 4249
(51) 98030913
bethnunes@portoweb.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.