Lesões em joelho – balanço do Instituto do Joelho HCor

Futebol e artes marciais lideram lista de esportes que causam lesões no joelho
                     

Um levantamento realizado pelo Instituto do Joelho do HCor – Hospital do Coração, em São Paulo, revela um aumento significativo em cirurgias do joelho em esportistas realizados no segundo semestre do ano passado. Do total de cirurgias realizadas, 70% foram em jogadores de futebol, 20% em atletas de artes marciais e 10% em outras modalidades esportivas. Em três anos do Instituto do Joelho HCor, foram operados mais de 15 atletas profissionais de futebol que, após a recuperação, conseguiram voltar aos gramados.

Segundo Dr. Rene Abdalla, ortopedista e responsável pelo Instituto do Joelho HCor, no primeiro semestre deste ano aumentou em 30% as lesões de joelho em mulheres, crianças e adolescentes em relação ao segundo semestre de 2011, o que gerou um resultado de 65 lesões ligamentares em mulheres e crianças no segundo semestre do ano passado para 80 lesões no primeiro semestre deste ano.

“Como as lesões ligamentares no futebol tem se tornado cada vez mais frequentes e envolvendo múltiplos ligamentos, são necessárias novas ténicas cirúrgicas e de reabilitação para o retorno mais rápido possível ao esporte. Por isso, o tema central do curso desse ano é promover o intercâmbio de conhecimentos de técnicas cirúrgicas avançadas para a correção de lesões ligamentares e o retorno rápido ao esporte”, esclarece Dr. Abdalla.

Diversos atletas de alto nível foram tratados nos últimos três anos no HCor e retornaram às suas atividades profissionais. “Atualmente nos destacamos não só na cirurgia do joelho, em que nossos equipamentos de vanguarda permitem resolver todos os problemas desta articulação, mas também em outras especialidades de ortopedia e traumatologia, incluindo atendimentos de urgência em nosso pronto-socorro com toda estrutura voltada ao atendimento de atletas de todos os níveis, com ênfase, também, aos nossos atletas do dia-a-dia”, explica Dr. Abdalla.
    

As lesões do joelho

O número de praticantes de atividades esportivas sofre um aumento progressivo a cada ano. Em nosso país, os esportes que envolvem os membros inferiores são os mais praticados, destacando-se o futebol.

A articulação do joelho é a região anatômica que sofre a maior frequência de lesões, uma vez que é a maior articulação do corpo e mais vulnerável. As lesões ligamentares são comuns, principalmente do ligamento cruzado anterior. Nos Estados Unidos, essas lesões atingem um número de mais de 100 mil por ano – que podem ser aplicados a outros países que priorizam atividades esportivas.

“Atualmente, os traumas envolvem múltiplas estruturas da articulação (lesões complexas) onde podemos até traçar uma evolução na gravidade destas, que no passado eram isoladas dos meniscos e atualmente estão associadas a lesões do ligamento cruzado anterior (ligamento que une a tíbia ao fêmur) e hoje esses traumas se somam aos ligamentos contidos nas laterais do joelho, com envolvimento de estruturas que até pouco tempo nem eram compreendidas, o que levavam a resultados do tratamento cirúrgico muitas vezes ineficiente”, esclarece Dr. Abdalla.

Segundo o ortopedista, os traumas mais comuns que promovem lesão do L.C.A – Ligamento Cruzado Anterior – são as torções e “choques” direto contra o joelho, durante práticas esportivas (por exemplo futebol e esqui). Nesses casos o joelho é forçado a uma posição anormal resultando em ruptura de um ou mais ligamentos. “Na maioria dos casos, quando ocorre lesão do L.C.A, o atleta sente uma sensação de “falseio”, como se o joelho saísse do lugar, acompanhado por um estalo. O trauma é associado a inchaço, dor e incapacidade de continuar jogando. Após algumas horas, o joelho aumenta de volume (líquido intra-articular) e a marcha se torna dificultada. Esses sintomas são piores nos dois primeiros dias regredindo progressivamente”, finaliza Dr. Abdalla.
                   

Curso avançado de cirurgia do joelho

Acontecerá entre os dias 23 a 25 de agosto o VII Curso Avançado de Cirurgia do Joelho, promovido pelo Instituto do Joelho do HCor (Hospital do Coração e pelo CORE (Centro de Ortopedia e Reabilitação no Esporte do HCor – Hospital do Coração), no Hotel Renaissance (SP).

O curso, que acontece de dois em dois anos, nesta edição será voltado, principalmente, para as lesões ligamentares complexas em atletas para agilizar o retorno às atividades esportivas.

O evento contará com a presença dos mais renomados ortopedistas brasileiros, bem como especialistas dos Estados Unidos e Emirados Árabes. “Neste edição, teremos a presença de Robert Laprade, cirurgião especializado em lesões complexas do joelho, da The Steadman Clinic em Vail, Colorado (USA), e Charles Brown  Jr, Diretor Médico do Abu Dhabi Knee and Sports Medicine Centre, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, que irão abordar as lesões ligamentares do joelho em atletas de futebol”, revela o Dr. Rene Abdalla, ortopedista e responsável do Instituto do Joelho do HCor. São esperados cerca de 500 participantes, entre médicos, fisioterapeutas e outros profissionais de saúde.
                        

Instituto do Joelho HCor

O Instituto do Joelho HCor – Hospital do Coração completa três anos de existência. Pioneiro, o Instituto é a primeira unidade especializada em tratamento da articulação do joelho em hospital privado. Nesses dois anos foram realizados 14.000 atendimentos, 1.200 procedimentos cirúrgicos, divididos em 560 artroscopias para a correção de lesões dos meniscos e cartilagem, 480 reconstruções de ligamentos (ligamento cruzado anterior, posterior e outros). Nesses dois anos foram realizadas também artroplastias do joelho (substituição da articulação desgastada por prótese) em 74 pacientes e ainda procedimentos variados como correção de anormalidades angulares dos membros “pernas tortas” e doenças da articulação da patela com o fêmur em 86 pacientes.

Aliado aos altos padrões de tecnologia para o tratamento das lesões do joelho, o Instituto disponibiliza de aparelho de Avaliação Isocinética para avaliação computadorizada da musculatura ao redor do joelho, Balance System, que tem a finalidade de mensuração e treinamento da agilidade da articulação. Além disso, conta também com o SportsMetric™, que tem como objetivo a prevenção de lesões bem como a avaliação de retorno ao esporte – sendo a única unidade licenciada pelo método em toda América do Sul. Nos exames para avaliação ligamentar, o setor dispõe do Artrômetro KT-2000™ que objetiva a quantificação da frouxidão ligamentar em milímetros assistida por computador.

Com o objetivo de aperfeiçoar e atualizar técnicas cirúrgicas e de reabilitação (fisioterapia), o Instituto do Joelho propõe um atendimento de alto nível à esportistas de todos as modalidades, bem como de doenças da cartilagem articular (artrose). “Por meio de consultas e avaliações realizadas por uma equipe multiprofissional, o Instituto do Joelho define o melhor tratamento com resultado final no mais curto espaço de tempo, além de proporcionar atendimento diferenciado, combinar bases científicas, experiência clínica e cirúrgica para otimizar resultados no tratamento das patologias da articulação do joelho”, explica o ortopedista e responsável pelo Instituto do Joelho HCor, Dr. Rene Abdalla.
         

*****
         

Mais Informações

Target Consultoria em Comunicação Empresarial
Assessoria de Imprensa do HCor – Hospital do Coração
Rita Barão – rita@targetsp.com.br
Rafael Ernandi – rafael@targetsp.com.br
Thais Souzza – thais@targetsp.com.br
Tel – (11) 3063-0477
         

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.