Ginástica laboral e prevenção durante atividades diárias garantem a saúde da coluna

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam que 85% da população mundial sofre com problemas na coluna. Segundo a fisioterapeuta Claudia Wanderck, a má postura, a falta de alongamento, o estresse e as várias horas na mesma posição, principalmente em frente ao computador, são as causas mais frequentes do problema entre os trabalhadores.

Na correria do dia a dia, nem sempre presta-se atenção aos cuidados que evitam o incômodo. Prevenir e tratar esse mal pode ser simples e rápido. A ginástica laboral está entre as práticas mais comuns adotadas, principalmente pelas empresas. Um ponto fundamental para que algumas mudanças de hábito garantam o bem-estar e sejam incorporadas à rotina do brasileiro é a conscientização das pessoas e das corporações.

“É necessário que as empresas concordem que precisamos preservar nossa saúde através de cuidados simples. Além da ginástica laboral, que é rápida e proporciona uma série de alongamentos, outros cuidados são importantes. Um deles é o ajuste ergonômico dos postos de trabalho. Cadeiras e computadores na altura correta, por exemplo, evitam que os colaboradores fiquem curvados”, explica a fisioterapeuta.

Entre as mulheres, o sapato de salto alto faz suas vítimas. Segundo Claudia, o calçado utilizado diariamente precisa ser confortável com saltos largos entre dois a cinco centímetros. “Os sapatos muito baixos diminuem a absorção de impacto, já os altos e com salto fino dão instabilidade e acabam forçando a coluna”, relata.

Os afazeres domésticos também exigem alguns cuidados. Ao pegar algo do chão ou erguer peso é importante flexionar os joelhos. Outra dica é evitar fazer a mesma atividade durante muito tempo. “Muitas pessoas deixam para passar roupas em um único dia da semana e ficam nesta atividade durante horas, o que acaba sobrecarregando o corpo. O ideal é dividir os afazeres para não gerar estresse físico”.
    

Para quem sofre com dores nas costas constantemente alguns tratamentos, além da ginástica laboral, são indicados.

RPG – Método fisioterapêutico de avaliação e tratamento das disfunções posturais e dos movimentos através de oito posturas globais. Procura não apenas tratar o sintoma, mas buscar a sua causa. Baseia-se em trabalho corporal ativo, onde as posturas praticadas terão um papel de tração em todas as cadeias musculares. A RPG proporciona um tratamento personalizado, individual, ativo e progressivo, já que cada paciente reage de maneira diferente a um problema.

Acupuntura – O tratamento é realizado através da estimulação de pontos específicos espalhados pelo corpo nos canais de energia. Ao serem estimulados, eles produzem efeitos analgésicos, relaxantes e anti-inflamatórios.

Osteopatia – Relativamente nova, a técnica tem se mostrado eficiente nos ajustes posturais e articulares. Trata-se de uma ciência em que o terapeuta procura fazer com que o corpo do paciente desenvolva equilíbrio e funcionalidade.

Fisioterapia – É voltada ao entendimento da estrutura mecânica do corpo. A fisioterapia previne e trata distúrbios de biomecânica e funcionalidade humana em qualquer idade, decorrente de alterações de órgãos e sistemas humanos. Estuda ainda os efeitos benéficos que os recursos físicos e naturais possuem sobre o organismo das pessoas, para que sejam aproveitados da melhor forma.
   

Fonte

Claudia Wanderck – Fisioterapeuta do Trabalho, especialista em Fisioterapia Ortopédica e Consultora de Ergonomia, atua há 13 anos na área. Diretora da Long Life Fisioterapia (Blumenau/SC).
          

*****

Sabrina Hoffmann
Jornalista
(47) 3340-2205 | (47) 92467215
www.melz.com.br
Youtube | Twitter




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.