Toxina botulínica melhora o humor

Há muito tempo venho percebendo que alguns pacientes relatam que depois que fizeram uso de Toxina Botulínica passaram a se sentir como humor melhor do que antes da aplicação.

Em virtude de estes relatos estarem aumentando, fui tentar buscar informações que pudessem me esclarecer sobre o que havia de verdade e o que poderia ser mentira sobre este fato. E o que descobri foi que os pacientes não estavam errados sobre suas impressões em relação à melhora de seu humor. Pelo contrário, a ciência confirma que há melhora do humor após a aplicação de Toxina Botulínica em diversos artigos médicos.

Pesquisar sobre este tema me fez voltar aos livros e revistas médicas da área de neurologia e psiquiatria. E o que descobri fundamenta de forma muito clara o argumento de que a Toxina Botulínica realmente interfere no humor de quem a usa para prevenir e tratar o envelhecimento facial.

O primeiro argumento que encontrei foi o de que existe uma via de mão dupla de comunicação entre nosso cérebro e a musculatura da mímica de nossa face. Uma das vias, a que vem do cérebro para os músculos faciais, define claramente o que todos já sabem, nossos sentimentos podem influenciar naquilo que expressamos no rosto e, de certa forma, em condições normais do nosso dia a dia, raramente conseguimos esconder quando estamos tristes, quando estamos alegres ou quando estamos passando por alguma situação estressante.

A outra via, vai da musculatura facial para o cérebro. E, por mais incrível que pareça, segundo as informações que eu encontrei, a musculatura facial pode influenciar em alguns comportamentos de nossas células cerebrais. Só para simplificar, se estamos tristes e nos forçamos a rir, mesmo sem vontade, muitas das substâncias químicas que circulam no cérebro e que informam as células deste órgão sobre a tristeza, são substituídas pela química da alegria.

O inverso também pode ocorrer se estivermos alegres e contrairmos a musculatura de mímica facial que expressa o sentimento de raiva, por exemplo, certamente nosso cérebro captará esta informação e liberará substâncias químicas relacionadas a este último sentimento.

Numa aplicação de Toxina Botulínica para o tratamento do envelhecimento facial, normalmente paralisamos musculaturas que são responsáveis por representar o visual de raiva, tristeza e preocupação. Raramente paralisamos os músculos que nos fazem demonstrar alegria, satisfação ou prazer. Mais que isto, quando estamos vivenciando qualquer um destes últimos sentimentos citados, normalmente não movimentamos os músculos da mímica facial que foram paralisados.

Logo, se o cérebro é informado pela musculatura facial sobre nossos sentimentos do momento e, com o uso da Toxina Botulínica acabamos expressando mais a mímica do relaxamento, da alegria ou do prazer, certamente nosso humor se beneficiará com esta interpretação do cérebro. Fazendo com que, quem use a Toxina Botulínica se mostre com um humor melhor e mais tranquilo do que antes da aplicação.

A conclusão é a de que quem usa Toxina Botulínica para tratar o envelhecimento facial pode sim ficar mais feliz.
                 

Fonte

Ademir Jr. (CRM 92.693) – Médico dermatologista especialista em tricologia (medicina capilar) pela Internacional Association of  Trichologists. Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, da Sociedade Brasileira de Termalismo, e da Sociedade Brasileira de Medicina Estética. Presidente do Grupo de Assistência a Problemas Capilares – GAPCA e Presidente do Grupode Apoio a Portadoras de Síndrome dos Ovários Policísticos – GAPSOP. Professor de Anatomia e Fisiologia da pele no curso de Pós-Graduação em Cosmetologia das Faculdades Oswaldo Cruz – SP/SP. Autor dos livros: “Socorro, estou ficando careca”, publicado pela Editora MG em 2005, “Tem alguma coisa errada comigo – Como entender, diagnosticar e tratar a Síndrome dos ovários Policísticos”, publicado pela Editora MG em 2004 e “É outono para meus cabelos – Histórias de mulheres que enfrentam a queda capilar” – Editado pela Editora Summus.

Dr. Ademir Jr. – (11) 3864-3967
www.ademirjr.com.br
           

*****
             

Assessoria de Comunicação

Raquel Cirqueira
HD Press Assessoria de Comunicação
Rua Augusta, 1977 Cj 11 – Jardins
Cep: 01413-100
11-5532-0987 / 3061-5377 / 9469-1730
jornalismo@hdpress.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.