Alimentação durante a gestação

A importância da alimentação durante a gestação, apesar de reconhecida por grande parte da população, é cercada de crenças que podem interferir na saúde e nutrição da mãe e do feto. Algumas dessas crenças são benéficas e devem ser encorajadas, outras, entretanto, como a de que a mãe deve “comer por dois”, são errôneas e devem ser desestimuladas.

O acompanhamento nutricional é importante, pois a gestante necessita de ajuda para compreender suas novas necessidades orgânicas e auxílio para elaborar e consumir uma dieta adequada, que contenha todos os nutrientes necessários para o seu organismo e para o crescimento e desenvolvimento do feto, devendo incluir em cada refeição, pelo menos um alimento de cada grupo. O equilíbrio é fundamental!

* Carboidratos – Fonte de energia para a gestante, o embrião e o feto. Quando o consumo de carboidratos é baixo ao longo da gravidez, o recém-nascido corre o risco de nascer com baixo peso. Eles são encontrados nas frutas, verduras, legumes e cereais integrais – como arroz, macarrão, pães e biscoitos integrais e barras de cereais.

* Proteínas – São essenciais para o desenvolvimento dos novos tecidos, tanto da mãe como do bebê, desempenhando um papel importante na formação do útero, mamas, placenta e líquido amniótico. Boas fontes protéicas são: carnes magras, como frango e peixe; leguminosas, como feijões, soja, lentilha, grão de bico, ervilha; frutas oleaginosas, como nozes e castanhas; laticínios e ovos; quinua e amaranto.

* Lipídios – Fornecem energia à gestante e ao feto. Contribuem para o crescimento do bebê e para formar os estoques energéticos que a mulher vai utilizar no período de aleitamento. É importante que o consumo de gordura seja através de gorduras “boas”, que são as gorduras insaturadas, tais como: óleos de coco, milho, girassol, gergelim, soja, canola, macadâmia, azeite de oliva extravirgem, peixes (como salmão, atum e sardinha) e linhaça.

É necessário ainda, que sejam evitados longos períodos de jejum, para uma melhor digestão e aproveitamento dos alimentos. Por isso, eles devem ser ingeridos a cada 3 horas, melhorando a sensação de fome, azia e mal estar. Deve-se comer devagar e mastigar bem os alimentos.

A obstipação intestinal é um problema que frequentemente ocorre neste período, devido a restrições das atividades e a pressão do útero, que está aumentada. Porém, para a maioria das gestantes, a alimentação equilibrada associada ao consumo adequado de líquidos tende a neutralizar a dificuldade com a constipação. Portanto, a hidratação é muito importante durante a gestação. O consumo total de líquidos deve ser por volta de 1,5 a 2 litros por dia, conseguidos através da ingestão de água e sucos (de preferência orgânicos), principalmente nos intervalos entre as refeições.
            

Sugestões da nutricionista

* Bolinho de soja com ricota

Ingredientes:

– 1 xícara de chá de soja em grãos
– 1/2 xícara de chá de cebola
– 1 dente de alho
– 1 ovo
– 1 colher de chá de sal
– 1/2 xícara de chá de ricota
– 1/2 xícara de chá de margarina
– 3 colheres de sopa de salsa
– 1 colher de sopa de fermento
– 2 xícaras de chá de farinha de trigo 

Modo de preparo

Coloque os grãos de soja na água e ferva por 5 minutos. Escorra e cozinhe-a em outra água, por aproximadamente 30 minutos em panela de pressão. Escorra novamente e reserve. Bata no liquidificador a soja cozida, a cebola, o alho, o ovo e o sal. Despeje em um recipiente, acrescente a ricota, a margarina e a salsa, misturando bem até formar uma massa homogênea. Junte o fermento e a farinha de trigo aos poucos, até dar o ponto para enrolar. Faça os bolinhos e asse em assadeira untada e enfarinhada, em forno médio pré-aquecido.

Rendimento -12 porções

Valor calórico da porção = 171 Kcal
                

Suco refrescante de graviola com maracujá

Ingredientes

– 1 graviola
– 1 maracujá
– 1 litro de água filtrada
– 5 colheres de sopa de Extrato de Agave
– 10 cubinhos de gelo 

Modo de preparo

Pegue a graviola retire a casca. Bata no liquidificador com 1/2 litro de água para retirar a semente e, em seguida, coe em uma peneira e reserve em uma jarra. Faça o mesmo com o maracujá. Depois, misture o suco da graviola com o de maracujá acrecente o Extrato de Agave e os cubos de gelo e está pronto um delicioso e nutritivo suco.

Rendimento – 5 porções

Valor calórico da porção = 63 Kcal
             

* Fusilli integral com linhaça e soja – Leve Supreme

Massa elaborada com farinha integral, enriquecida com linhaça e soja. Fonte de fibras, vitaminas do complexo B e minerais.

                           

Fonte

Flávia Figueiredo – Nutricionista Mundo Verde Franquia.
                     

*****

 

 

 

Luiza Malagrino
Assessora de imprensa
luiza.malagrino@dezoitocom.com.brI
www.dezoitocom.com.br
Tel: (11) 3674-4400 Ramal: 206




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.