De boca cheia

A nutrição adequada é a ingestão de uma dieta equilibrada para que seu corpo possa assimilar os nutrientes necessários para uma boa saúde. A cada dia, o corpo humano se renova, isto é, renova seus músculos, sua matéria óssea, sua pele e seu sangue. As substâncias que você ingere são a base para a formação destes novos tecidos. Se sua dieta contiver poucos nutrientes essenciais ao corpo, sua boca estará mais vulnerável a infecções. Quando uma criança não se alimenta corretamente, seus dentes podem não se desenvolver de maneira adequada. Para ter dentes fortes e resistentes à formação de cáries, a criança precisa de uma dieta rica em cálcio, fósforo e FLÚOR.

Uma alimentação incorreta combinados com uma higiene bucal insatisfatória pode causar gengivites e cárie e problemas bucais mais sérios. Os alimentos que têm elevado teor de carboidratos, açúcares e amidos contribuem muito para a produção dos ácidos que formam a placa bacteriana que ataca o esmalte dos dentes. Com o passar do tempo, esses ácidos destroem o esmalte, formando a cárie.

Caso tenha que ingerir produtos com muito açúcar ou amido, consuma-os durante as refeições e não entre refeições. Evite alimentos que grudem nos dentes, pois eles podem aumentar a formação da placa bacteriana. A maior parte dos alimentos já tem ingredientes que produzem ácidos. Por isso, quanto menos você expuser seus dentes a esses ingredientes menor força terão os ácidos da placa bacteriana de atacarem o esmalte. Um aspecto positivo é o fato da produção de saliva aumentar durante as refeições, removendo os detritos alimentares da boca.

Porém, devemos lembrar que nenhum alimento substitui a escovação, como chicletes (estes aumentam o fluxo salivar, ajudando na higiene da boca, mas trazem mais perigo quando possui um teor elevado de açúcar) ou mesmo a maçã como muitos dizem, limpa os dentes, não mesmo! Além de não substituir a limpeza mecânica, pode ser mais um fator para contribuir para o aparecimento do processo carioso, pois existirá acúmulo de matéria e servir de substrato para as bactérias!
           

Atenção aos distúrbios alimentares

* Bulimia – O ciclo de comer compulsivamente e vomitar fazem com que os ácidos estomacais durante o vômito passam pela boca e podem desgastar o esmalte do dente, provocando a erosão dentária causando cáries, sensibilidade, descoloração e até a perda do dente.

Os dentes ficam com uma aparência gasta e amarelada, o dentista pode ser o primeiro a notar os sinais deste distúrbio alimentar. A Dentística restauradora (odontologia estética) pode ajudar a corrigir o esmalte danificado dos dentes com restaurações e ou próteses se necessário.

* Anorexia – Limitação da alimentação e  a quase inanição priva o organismo dos nutrientes de que necessita levando a um quadro mais grave de enfraquecimento dos ossos que suportam os dentes podendo-se chegar até à perda do elemento dentário.

É necessário que se trate as causas que levam à anorexia e à bulimia, bem como que se tratem as complicações dentárias delas resultantes com tratamento multidisciplinar.
       

Fonte

Rafael Amado Silva – Mestrado em Dentística, Especialista em Atenção primária em saúde – CRO/ ES 5849.
Contato e dúvidas: Rafael-amado@bol.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.