Exercícios físicos no verão – mantendo a forma sem lesões

No verão muitas pessoas buscam definir músculos e desfilar corpos exuberantes – um desejo que se reflete nas academias por todo o país.  O problema desse tipo de adesão momentânea aos exercícios são as cargas que superam os limites. Por conta disso, muitos sofrem lesões graves, sentem dores e, como resultado, abandonam a atividade antes mesmo de se habituar a ela.

As dores musculares generalizadas são as queixas mais comuns, seguidas de lesões provenientes da aplicação de cargas altas sobre as articulações. As dores lombares também estão no ranking de reclamações dos sedentários que mal estão acostumados a andar e já querem correr. A fisioterapeuta Elina Monteiro explica que toda atividade física deve ser orientada por um profissional da área da saúde e alerta para os possíveis riscos no abuso da malhação. Por estarem em busca de resultados rápidos, essas pessoas estão sujeitas a muitos riscos. “Dores lombares, tendinites, lesões em ligamentos”, enumera.

Segundo a profissional, o fato de não fazer alongamento apropriado também favorece a distensão muscular. “São várias as lesões decorrentes de uma atividade não orientada, ou feita de forma incorreta. É fundamental preparar o músculo. Do contrário, as lesões causadas pelo excesso de malhação podem acabar na mesa de cirurgia”.

A prática do exercício é um fator essencial para a saúde dos ossos, seja para homens ou mulheres. É preciso adequar o exercício com a condição física do praticante, independente das peculiaridades do sexo. O treino periódico e constante pode afetar positivamente o pico de massa óssea em crianças e adolescentes; auxiliar a manter ou mesmo promover um aumento na densidade óssea em adultos; auxiliar na diminuição da perda de massa óssea devido à idade em adultos mais velhos, evitando inclusive a osteoporose.
            

Fonte

Elina Monteiro – Fisioterapeuta do Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Jamil Haddad).
     

*****
           

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.