Quiropraxia e seus benefícios

Por meio da manipulação articular, os quiropraxistas tratam dores nas costas e diversas outras que acometem articulações, músculos, tendões e ligamentos
       

Dor nas costas. Quem nunca sofreu deste incômodo ao menos uma vez?  Suas causas são as mais variadas: desde postura inadequada até problemas mais graves, como uma hérnia de disco. Não à toa, a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que 80% da população mundial sofrerão com problemas na coluna em algum momento da vida.

O Brasil não fica atrás nesta estatística. As alterações na coluna vertebral, incluindo as lombalgias (dor na região lombar) estão em terceiro lugar no número de queixas e afastamento do trabalho, segundo o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Com o avanço da medicina, opções para tratar as dores na coluna não faltam. Uma delas, que não envolve medicamentos nem técnicas invasivas, é a Quiropraxia. Por meio da manipulação articular ela trata lombalgias (dor  lombar), cervicalgias (dores no pescoço), cefaleias (dores de cabeça), alterações de postura, hérnias de disco, bem como problemas musculares, como distensões e tensão exagerada, entre outros.

Uma das técnicas utilizadas pelos quiropraxistas é o “ajuste”, movimento rápido e preciso, normalmente acompanhado por um estalo. O processo tende a encurtar o período da dor, propicia melhora no quadro geral e consequentemente o retorno mais breve do paciente para suas atividades cotidianas.
              

A profissão

Os profissionais aptos a tratar os pacientes com quiropraxia são os Quiropraxistas. Para tanto eles passam por uma formação universitária criteriosa, durante quatro anos e meio. Nesta graduação as disciplinas incluem anatomia, fisiologia, exames diagnósticos, técnicas específicas de manipulação vertebral e outras mais.

A Anhembi Morumbi é a única de São Paulo a oferecer o curso de Quiropraxia. Em fase de expansão no Brasil, a carreira já é popular em outros países e aparece entre as profissões mais procuradas na área da saúde em países como Estados Unidos e Canadá.

No Brasil, há um vasto campo de atuação, justamente pelo número limitado de profissionais qualificados para atender à grande demanda da população que sofre com dores na coluna.
       

Fonte

Universidade Anhembi Morumbi

 

 

              

Sobre a Anhembi Morumbi

A Universidade Anhembi Morumbi, uma universidade de fronteiras e mentes abertas, conta hoje com mais de 30 mil alunos e é a primeira instituição internacional de ensino superior do Brasil. Desde 2005 faz parte da rede internacional de universidades Laureate, a maior do mundo, presente em 28 países, com mais de 50 instituições de ensino superior, mais de cem câmpus, totalizando cerca de 600 mil alunos.

São oferecidos programas de graduação, graduação tecnológica e pós-graduação lato e stricto sensu. Possui sete escolas, abrangendo as áreas de Ciências da Saúde; Turismo e Hospitalidade; Negócios e Direito; Artes, Arquitetura, Design e Moda; Comunicação; Engenharia e Tecnologia; e Educação. Seus cinco câmpus estão localizados na Avenida Paulista, na Vila Olímpia, no Centro, no Morumbi e no Vale do Anhangabaú.

A Universidade Anhembi Morumbi possui laboratórios de última geração e diferenciais como a internacionalidade, já tendo enviado, desde 2006, mais de 2 mil alunos do Brasil para realização de cursos no exterior e recebeu mais de 500 estrangeiros em seus câmpus, que se tornaram locais multiculturais para o aprendizado. Outras vantagens são os programas de dupla titulação – permitindo ao aluno ter diplomas válidos no Brasil e em outros países – e o Global Career Center, um portal com 65 mil oportunidades de estágios e postos de trabalho no Brasil e no exterior.
              

*****
               

Informações para a imprensa

 

         
Angela Pagliacci       
angela.pagliacci@cdn.com.br
55 (11) 3292-1849

Universidade Anhembi Morumbi 
Ana Paula Pinto da Silva      
appsilva@anhembi.br
55 (11) 3293-1757




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.