Saiba o que comer antes e depois de se exercitar

Que não se deve fazer atividade física em jejum todo mundo já sabe, mas qual a função da alimentação próxima ao treino? O que comer antes? E o que pode ser consumido após? Para manter a motivação para malhar e o pique durante e depois de uma atividade física é preciso muito mais que um bom condicionamento físico. É necessária uma alimentação adequada.
     

Veja as dicas da Dra. Liliane Oppermann sobre o que comer antes e depois da atividade física.
       

Antes da atividade

* Devem ser consumidos alimentos ricos em carboidratos de baixo a médio índice glicêmico e proteínas.

* Evite a ingestão de alimentos ricos em gorduras ou em fibras nas 2-3 horas que antecedem a sua atividade física. Estes alimentos têm uma digestão mais demorada e podem causar mal-estar gástrico no decorrer do exercício.

* O açúcar refinado também não é indicado, pois faz o corpo liberar muita insulina, hormônio que abre a porta das células para a glicose. Em pouco tempo a taxa de glicose cai e a pessoa se sente cansada.

* Aposte sempre nos carboidratos, por serem a principal fonte energética do organismo, permitem um treinamento intensivo e consistente, retardando a fadiga e diminuindo o risco de lesões.

* Já as proteínas, promovem o incremento de massa muscular e atenuam o desgaste da mesma.
            

Sugestão de consumo

* Até 30 minutos antes da atividade, consumir barras de cereal, iogurte, sucos de fruta ou frutas.

* Até 1h antes da atividade, um lanche de pão integral com queijo branco, peito de peru, suco de fruta e fruta poderá ser consumido.
           

Após a atividade

* Se você costuma se exercitar pela manhã é indicado fazer um almoço reforçado.

* A ingestão de cereais integrais, ricos em vitaminas e minerais e com uma boa quantidade de proteína é indispensável para repor as energias.

* Antioxidantes, como frutas vermelhas e manga, neutralizam os radicais livres, que no atleta são gerados num nível maior por causa do alto consumo de oxigênio.
      

Sugestão de consumo

* Pão francês, bolacha água e sal, pão de queijo, batata, macarrão, suco de fruta ou frutas. Leite, queijos e presuntos light, iogurte, carnes magras.

* Para atividades muito longas e intensas (com mais de 1h de duração, como corrida, futebol, tênis de mesa), podem ser consumidos repositores hidroeletrolíticos durante a mesma, para se repor os estoques de carboidratos perdidos e para que não ocorra uma interrupção inesperada por fadiga.
               

Fonte

Liliane Oppermann – Médica Nutróloga e Ortomolecular.
             

*****
 

Sacha Silveira Assessoria de Imprensa
MTB – 51.948
Tel – (11) 2626-9219/2532 7887/8949 3747
Endereço – Rua Pelotas, 349, Vila Mariana, São Paulo-SP
E-mail – sachasilveira@globomail.com




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.