Gravidez no verão – cuide-se bem

O verão chegou, e com ele, as altas temperaturas. Nesta época do ano, todos devem estar atentos a uma série de cuidados para evitar sofrer algumas consequências. No caso das gestantes, os cuidados devem ser redobrados.

“Nesta época do ano, é ainda mais importante que a grávida mantenha uma alimentação saudável e cuidando bastante de manter-se hidratada”, afirma a dra. Rossana Francisco.

A médica explica que a alimentação deve ser equilibrada com distribuição adequada de carboidratos, proteínas e gorduras. “É muito importante que os alimentos sejam distribuídos em seis refeições: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.”

Os cuidados com a hidratação são igualmente importantes: “o consumo regular de água e outros líquidos pode prevenir, inclusive, infecções urinárias, que podem ocorrer com maior frequência e em quadros mais graves durante a gestação”.

Para os inchaços, comuns especialmente nos pés, a especialista oferece algumas dicas.

Para evitá-los, a grávida deve manter-se ativa, realizando caminhadas ou hidroginástica, por exemplo. É também preciso ter atenção ao consumo de sal, que deve ser bastante reduzido. Deixar os pés elevados durante a noite também ajuda.

“Se ainda assim os inchaços permanecerem, a gestante deve procurar orientação médica. Neste caso, uma avaliação de pressão arterial deve ser feita para descartar a possibilidade de hipertensão arterial ou outras complicações mais sérias”, declara a dr. Rossana.

No verão a queda da pressão arterial merece atenção especial. “Mais frequente no verão, por causa do calor excessivo, pode ser evitada com os cuidados já destacados com a hidratação e também evitando a permanência ao sol nos períodos mais críticos, das 10 às 15 horas”, explica a doutora.

Os protetores solares, tão importantes em qualquer época do ano, e para qualquer pessoa, nas gestantes oferecem uma proteção extra: evitar manchas na pele. “As gestantes apresentam predisposição a esse tipo de alteração na pele, que pode ser agravada em caso de exposição ao sol”, conclui a doutora.
           

Fonte

Rossana Francisco – Docente da Disciplina de Obstetrícia da Faculdade de Medicina da USP e membro da Associação de Ginecologia e Obstetrícia do Estado de São Paulo (SOGESP).
               

*****

        

Informações para a imprensa

Acontece Comunicação e Notícias
(11) 3873-6083 / 3871-2331
Jéssica Vasconcelos ou Juliana Machado
acontececom3@uol.com.br
www.acontecenoticias.com.br

 

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.