Férias escolares – mais saúde e diversão

As férias escolares chegaram e as mães já sabem que nesta época é mais difícil manter uma alimentação equilibrada devido à rotina desregrada da criançada
    

Estando em casa o acesso as guloseimas é mais fácil, portanto cabe as mães criarem alternativas atraentes e mais saudáveis para os pequenos. Esse cuidado com o cardápio das crianças deve ser diário inclusive nas férias, pois segundo pesquisas 28% das crianças brasileiras até os 5 anos de idade está acima do peso.
         

Dicas para manter a garotada na linha

* Mantenha frutas picadas e guardadas em potes ao alcance das crianças. Morangos, gomos de tangerina, uvas, kiwi agradam a criançada e são ricos em vitaminas antioxidantes.

* Não faça estoque de biscoitos e guloseimas em casa. Quanto maior for à oferta de guloseimas mais a criança comerá esse tipo de alimento. Prefira oferecer a cookies e rosquinhas integrais que são encontrados em diversos sabores, desde aveia e mel até cacau e frutas vermelhas.

* A granola é uma opção interessante de “belisco”. Prefira oferecer a granola ao seu filho aos biscoitos do tipo chips. Se a vontade de comer um salgadinho for grande faça pipoca em casa. A pipoca tem bastante fibra, importante para manter o bom funcionamento do intestino dos pequenos.

* Prepare sua alimentação em casa, convide as crianças para participar da preparação do prato. Isto desperta o interesse pelos alimentos.

* Sanduíches naturais, acompanhados de suco são uma ótima pedida, além de fáceis de preparar. Prefira pão integral e recheie com alface, tomate, pasta de soja ou tahine, queijo branco e frango desfiado. Para incentivar que os pequenos comam vale cortar o sanduíche com cortadores de biscoito no formato de animais ou flores.

* Aproveite a folga das crianças e agende um piquenique. Leve frutas secas, salada de frutas, sanduichinhos integrais, sucos e chás gelados. Aproveite o contato com a natureza e converse com seu filho sobre a importância de preservar o meio ambiente.

* Os pais devem dar o exemplo, de nada adianta falar para o filho comer frutas e salada se esses alimentos não fazem parte do hábito dos pais.

* Não proíba, mas imponha limites. Escolha um dia para que as crianças possam escolher o cardápio, neste dia vale a pizza e até o hambúrguer.

* Incentive que a criança mantenha uma atividade física. Combine que além de computador e videogame ela deverá brincar de bola, pique ou andar de bicicleta.
      

Fonte


             

 

         
           
   

Alô Nutricionista

A rede oferece gratuitamente um serviço de orientação nutricional, o Alô Nutricionista, disponível em todo o Brasil, de segunda a sexta-feira das 9h às 17h, pelo telefone 0800 0222528.

O serviço também pode ser acessado pelo e-mail alonutricionista@mundoverde.com.br.
        

*****
       

 

 

Débora da Mata

Assessoria de imprensa | Comunicação Integrada da Marca
+ 55 11 5105-5788 / 8269-0660
www.bbnbrasil.com.br
www.bbn-international.com




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.