Crises alérgicas podem ser evitadas com a troca dos travesseiros

Pouca gente se dá conta que os travesseiros têm prazo de validade. Com o tempo, o travesseiro acumula em seu interior micro-organismos que se alimentam das secreções que eliminamos durante o sono, como suor e peles mortas.  Um travesseiro repleto de impurezas torna-se ambiente propício para proliferação de ácaros, fungos e bactérias, se transformando em fontes prováveis de diversos tipos de alergia.

Esses micro-organismos são possíveis causadores de conjuntivite, eczema, sensação de peito fechado à noite, espirros, coceira nas mãos ou face, corrimento ou bloqueio e até mesmo asmaO ácaro é o principal agente de substâncias causadoras de alergias numa casa se proliferando nas camas, colchões e travesseiros cujo grau de calor e umidade são favoráveis para sua reprodução. Os ácaros, que são poluentes biológicos, agridem ainda mais as pessoas alérgicas, colaborando para um sono de má qualidade.

Muitas vezes o travesseiro apresenta uma aparência perfeita, o que não significa que ele esteja livre dos ácaros. “A vida útil de um travesseiro é, em média, de cinco anos de uso, mas é recomendado que se faça a troca de dois em dois anos, pois a prolongação do seu uso pode ser uma grande fonte de contaminação e alergias. É importante destacar que tudo isto pode ser minimizado com o uso de travesseiros com tratamento antiácaros”, explica Renata Federighi, gerente de marketing da Duoflex.
                                            
                                                

Sobre a Duoflex

A Duoflex foi a primeira empresa a desenvolver no Brasil travesseiros com espuma antiácaro em parceria com uma companhia suíça. Este tratamento compõe a fabricação da espuma, sendo, portanto, permanente e seguro, ao contrário de borrifações e saches, métodos temporários e arriscados. Além disso, evita que os ácaros se instalem nos travesseiros gerando mais conforto e segurança para toda a família.
                

*****
              

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.