Saiba os prós e contras dos nutricosméticos

Você sabe o que são nutricosméticos? Muito se escuta falar, mas pouco se sabe sobre essas cápsulas orais que prometem nutrir o organismo e combater os radicais livres.

De acordo com a Dra. Miriam Sabino, os nutricosméticos são suplementos que em sua formulação incluem elementos para o bom funcionamento das células. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) enquadra os produtos nutricosméticos na categoria de alimentos funcionais, porque produzem efeitos metabólicos ou fisiológicos por meio da atuação de um nutriente na manutenção do organismo.

Na legislação da Anvisa, o cosmético age topicamente, portanto só é aprovado para uso externo, produtos ingeridos não são considerados cosméticos e necessitam de outro tipo de registro, bem como de normas mais criteriosas. Já a Diretiva Europeia 2002/46/EC classifica os nutricosméticos na categoria dos gêneros alimentícios e apresenta uma lista de vitaminas e minerais autorizados, com seus devidos critérios de pureza. As doses máximas ficaram para ser definidas posteriormente porém, até o momento, a diretiva especifica apenas o conceito que deve ser adotado para determinar as dosagens. Um projeto para definir padrões e harmonizar os apelos mercadológicos dos benefícios desses complementos ainda está em discussão.

Ricos em vitaminas, minerais, antioxidantes e capazes de prevenir o envelhecimento das células, os nutricosméticos estimulam a produção de colágeno e elastina, resultando na diminuição de rugas e na maior sustentação e elasticidade da pele, promovendo ainda o fortalecimento de cabelos e unhas. Embora tenha muitas vantagens é preciso ter muito cuidado na hora de consumir esse tipo de produto.

Muitas pessoas cometem o erro de achar que esse tipo de “cosmético” é inofensivo, e acaba consumindo, sem realmente saber o que está ingerindo. “É importante lembrar que cada linha e categoria desses produtos tem uma concentração maior de um determinado componente e isso pode causar efeitos colaterais e variados. Pessoas alérgicas a algum componente da fórmula não devem consumir”, alerta Dra. Miriam Sabino.

Antes de consumir qualquer tipo de medicamento, é sempre recomendado consultar um médico antes, mesmo se tratando de um produto com poucas contra-indicações, como os nutricosméticos.
                        

Fonte

Miriam Sabino – Médica dermatologista.
                        

*****
               

Sacha Silveira Assessoria de Imprensa
MTB – 51.948
Tel – (11) 2626-9219/2532 7887/8949 3747
Endereço – Rua Pelotas, 349, Vila Mariana, São Paulo-SP
E-mail – sachasilveira@globomail.com

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.