Cuidados e dicas de como se preparar para a gestação múltipla

Se para algumas mães a preparação para o nascimento de um único bebê é motivo de preocupação, nas gestações múltiplas é preciso aumentar esses cuidados?

Para a psicóloga Cynthia Boscovich, a resposta é afirmativa, mas não há por que entrar em desespero. “É claro que o ideal seria que todas as mães conseguissem se preparar e também adequar o ambiente para receber o bebê que vai nascer. No entanto, nas gestações múltiplas, tais cuidados merecem ser encarados com especial atenção, principalmente no tocante à logística exigida por mais de um bebê”.

“A segurança da mãe facilita bastante os cuidados que prestará a eles, e o que pode contribuir para essa segurança é obter informações sobre como cuidar dos bebês, além do conhecimento sobre o desenvolvimento deles.”

Ela salienta que, hoje em dia, existem muito cursos psicoprofiláticos, que incluem até aulas práticas de puericultura. Contudo, apesar de serem voltados para os cuidados de um único bebê, é possível aprender muitas coisas e aplicá-las aos gêmeos ou trigêmeos – e assim por diante… “Esses cursos não devem substituir o que as mães sabem intuitivamente a respeito dos filhos, mas podem ser complementares.”

Muitas mães se apavoram quando pensam na chegada dos bebês – e um dos assuntos que mais as assustam e preocupam é a amamentação.

Dra. Cynthia explica que a orientação sobre o posicionamento dos bebês ao seio, por exemplo, é muito importante. Entretanto, as mães são diferentes, e cada bebê tem necessidades distintas que devem ser levadas em consideração. “Por esse motivo, deverão encontrar a melhor maneira e posição para o aleitamento, ora com dois bebês juntos, ora com cada um individualmente e, para isso, o tempo e a convivência serão os maiores aliados”.

Ela ressalta ainda que, no cuidados com gêmeos ou múltiplos, a sobrecarga de trabalho aumenta, pois nem sempre um bebê tem o mesmo ritmo que o outro e, independentemente disso, necessitam de cuidados que devem ser ministrados de maneira individual, pois apesar do tempo que estiveram juntos no ventre materno, são indivíduos com personalidades e necessidades diferentes. “É fácil cair na padronização dos cuidados; no entanto, deve-se dar muita atenção a isso, porque os bebês se desenvolvem individualmente. Em especial no início da vida, essa atenção deve ser dispensada levando em conta cada bebê, para que se constitua tanto física como psiquicamente saudável.”

E ainda acrescenta: “Com gêmeos ou múltiplos é preciso ter muita atenção, pois apesar da importância de cada um se desenvolver sua personalidade, não é fácil encontrar o meio-termo. Eles necessitam ainda muito da companhia um do outro e mantê-los separados o tempo todo também não é saudável. Na verdade, é difícil descobrir como isso pode ser feito, mas a convivência com eles pode dar essas respostas, o que requer tempo e paciência. Por esse motivo, aconselho que as mães não hesitem em buscar ajuda para se sentirem seguras em relação ao que conhecem dos filhos”.
      

Fonte

Cynthia Boscovich – Psicóloga clínica que atua na área de orientação e tratamento de gestantes, mães e bebês.

Dr. Cynthia Boscovich desenvolve há muitos anos um trabalho com grávidas, mães e bebês, e não só atua no tratamento das mamães e gestantes, mas também realiza cursos preparatórios para a chegada do bebê com orientações práticas sobre o cuidado com os recém-nascidos, as quais contribuem para a segurança das mães e também para a saúde psíquica dos filhos. Em geral são realizados individualmente para gestantes e mães, porém é aberto também aos pais, que têm se mostrado cada vez mais interessados em participar deles.

www.cuidadomaterno.com.br
                       

*****
           

Sacha Silveira Assessoria de Imprensa
MTB – 51.948
Tel – (11) 2626-9219/2532 7887/8949 3747
Endereço – Rua Pelotas, 349, Vila Mariana, São Paulo-SP
E-mail – sachasilveira@globomail.com




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.