Bactérias nocivas podem sobreviver em casa por até 48h

Nova pesquisa do Global Hygiene Council mostra os pontos principais da casa que devem ser higienizados para evitar infecção
 

Panos de prato e de limpeza, tábuas de carne de madeira, potes de plástico e facas de aço inoxidável podem esconder bactérias nocivas à saúde. Um estudo realizado pelo Global Hygiene Council, intitulado “The Dettol/Lysol Bacterial Survival Study” (Estudo Dettol/Lysol de Sobrevivência Bacteriana), revelou que microrganismos como Campylobacter jejuni, Escherichia coli e Salmonella senftenberg, responsáveis por intoxicação alimentar, Listeria monocytogenes, que pode causar sintomas gripais, ou graves doenças em bebês recém-nascidos e Staphylococcus aureus, que pode gerar infecção urinária e pneumonia, podem sobreviver por até 48 horas dentro de casa.

Segundo a pesquisa, essas bactérias podem entrar nas residências através das pessoas, alimentos ou objetos contaminados e se proliferar de acordo com as condições ambientais. Ao limpar uma superfície com um pano, é importante higienizá-lo e colocá-lo para secar, evitando que o tecido se torne um possível reservatório e condutor de microrganismos. Caso contrário, o pano de limpeza poderá contaminar cada superfície em que tocar. O mesmo ocorre com os panos de prato, que também oferecem riscos. Isso porque as bactérias sobrevivem por mais tempo em um ambiente úmido. A Escherichia coli, por exemplo, triplica o tempo de vida nessas condições. Se o pano de prato contaminado for utilizado para secar outras louças, as bactérias serão transportadas para elas e podem chegar até as pessoas da família, podendo causar problemas de saúde.

As tábuas de madeira são utensílios que também requerem cuidados especiais. Os microrganismos encontram nas rachaduras do material um ótimo local para se infiltrarem e podem contaminar os alimentos sobrepostos a ele, que posteriormente serão ingeridos. O mesmo acontece com os potes de plásticos que, se colocados na geladeira, contaminam os demais alimentos refrigerados.

Outra ameaça de contaminação, apontada no estudo feito pelo Global Hygiene Council, são as bactérias presentes no aço inoxidável. O material tem grande relevância dentro e fora de casa, pois é utilizado em maçanetas, bancos de ônibus e facas, por exemplo. Ao tocar uma superfície contaminada, um integrante da família pode levar esses agentes nocivos para dentro de casa. Entre os cinco microrganismos testados, o que teve maior sobrevida em aço inoxidável foi o Staphylococcus aureus.

Para evitar a contaminação das pessoas e demais utensílios domésticos, é preciso utilizar produtos de limpeza antibacterianos e higienizar corretamente as mãos. De acordo com a pesquisa, produtos antibacterianos foram mais eficazes na redução do número de microrganismos nocivos à saúde, chegando a remover 99,9% das bactérias. Uma das alternativas para os cuidados pessoais é o uso do sabonete antibacteriano ou gel antisséptico.

“Associar a eficiência na eliminação de germes conhecidos por causar doenças com a propagação de bons hábitos de higiene, promovendo à população uma vida mais saudável, é a missão de Dettol. Por isso, apoiar as pesquisas do Global Hygiene Council demonstra o compromisso da nossa marca em ser uma grande aliada no combate a infecções”, explica Bruna Fausto, gerente de Marketing de Dettol.
                                          

Fonte – Hygiene Council
                           
            

Sobre o Global Hygiene Council

O Hygiene Council é uma instituição global que reúne especialistas nas áreas de Microbiologia, Virologia, Imunologia, Doenças Infectocontagiosas e Saúde Pública com o intuito de formular recomendações práticas de higiene, as quais as pessoas podem aplicar em suas casas e na comunidade. O objetivo é ajudar na prevenção e controlar a disseminação de todos os tipos de infecções.

Mais informações: www.hygienecouncil.com
                              

Sobre a Reckitt Benckiser

A empresa Reckitt Benckiser tem em seu portfólio de produtos marcas consagradas como as globais Dettol, Vanish, Harpic, Veet e AirWick, e as locais Veja, SBP e Poliflor.  Em 2010, expandiu sua atuação para a área farmacêutica.  Sediada no Reino Unido, hoje com 25 mil funcionários ao redor do mundo, a empresa está presente em 60 países e possui vendas em mais de 200.

Para mais informações, acesse: www.rb.com/br.
                     

*****
                          

Contatos para a imprensa

Fundamento Comunicação Corporativa
Ariane Salles – asalles@fundamento.com.br (11) 5095-3887 
Suzy Campos – scampos@fundamento.com.br (11) 5095-3872
                 
Ariane Salles
Executiva de Atendimento
Unidade de Negócios – Consumo
Al. dos Maracatins, 992 – bloco A – 3º andar
04089-001 – São Paulo – SP – Brasil
Tel: 55 11 5095-3887 (direto) / 5095-3866
Fax: 55 11 5543-7577




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.