Fórum Saúde da Mulher no Século XXI – Avanços e Desafios

A capital paulista servirá de locação para mais uma edição do “Fórum Saúde da Mulher no Século XXI – Avanços e Desafios”, que tem patrocínio da MSD em parceria com o Instituto Ação Responsável, do Congresso Nacional, e ainda com o Ministério da Saúde, o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a Procuradoria Especial da Mulher e a Agência Íntegra Brasil.

Com o objetivo de de levar a cada região brasileira o debate para o aprimoramento de políticas efetivas e que garantam a saúde e cidadania da mulher brasileira, o evento será realizado no Ceasar Business Faria Lima, na Vila Olímpia, das 13h às 21h do dia 17 de outubro.
 
O Fórum contará com a presença de várias autoridades dos governos federal, estadual e municipal, além de representantes da sociedade civil, que estão relacionadas ao tema.

As inscrições para o evento são gratuitas, sendo necessário apenas o credenciamento prévio, o que pode ser feito através do site www.acaoresponsavel.org.br/saudedamulher/sp ou via Twitter (@acaoresponsavel).
 
Entre os principais assuntos debatidos no encontro pelos especialistas convidados e ligados à saúde da mulher, o câncer de colo de útero ganha destaque por preocupar, com base nas estatísticas, pela situação que a região Sudeste se encontra, estando o Estado de São Paulo entre os que mais registram casos novos a cada ano.
 
Em todo o Brasil, devem surgir este ano cerca de 19 mil novos casos. Daí a importância do Fórum como fonte de abordagem da atual política voltada à população feminina, com o objetivo de minimizar os riscos e encontrar alternativas para oferecer melhor atendimento e tratamento das pacientes.
 
O alento é que o diagnóstico precoce aumenta a chance de cura para até 95% dos casos. Porém, ter esse diagnóstico na fase mais inicial da doença ainda é um desafio para o Brasil e só pode ser vencido com informação e bons serviços de saúde. Essas duas ferramentas são fundamentais para garantir a cura destes e de muitos outros problemas que atingem a saúde da mulher, e são uma preocupação do Governo Federal, que incluiu o problema em sua pauta de assuntos prioritários.
                     
 
Serviço

Fórum Saúde da Mulher no Século XXI – Avanços e Desafios

Dia 17 de outubro
Local: Ceasar Business Faria Lima, na Vila Olímpia
Hora: De 13h às 21h
                                     

Informações

www. Acaoresponsavel. Org. Br/saudedamulher/sp e @acaoresponsavel
              
Maiores detalhes: 61-3368-6044/32743191
                       

                               
 
Câncer está entre os males que mais prejudicam a saúde da mulher
 
Descobrir um câncer é uma realidade dolorosa. E para as mulheres é mais difícil ainda, pelo acúmulo de papéis que ela desempenha dentro e fora de casa. Os dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca) apontam que o câncer de colo de útero é o segundo tumor mais frequente na população feminina, ficando atrás, apenas, do câncer de mama, atuando como a quarta causa de morte em mulheres brasileiras. Anualmente, a doença faz 4.800 vítimas fatais e apresenta 18.430 novos casos.
 
Com altos índices, a região Sudeste tem um panorama delicado. Estudos realizados pela Divisão de Apoio à Rede de Atenção Oncológica do Inca detectaram o alto índice de ocorrência do câncer de colo de útero na região, onde a mortalidade chega a assustar médicos.
 
Assim, o Sudeste foi redefinido como prioridade no Plano de Controle do Câncer de cólo do útero do Governo Federal e eleito como uma das urgências na agenda das atividades promovidas pelo Programa Ação Responsável.
 
As inscrições para o Fórum Saúde da Mulher no Século XXI – Avanços e Desafios são gratuitas, bastando apenas fazer o credenciamento prévio pelo site http://www.acaoresponsavel.org.br/saudedamulher/, onde é possível ter acesso à ficha de inscrição, ou pelo e-mail saudedamulher@acaoresponsavel.org.br.

Mais informações: (61): 3368-6044 /9964-3143/ 3274-3191.

No Twitter: @AcaoResponsavel
                         
                  
 
Sobre o programa Ação Responsável

O Programa Ação Responsável é Instituto Brasileiro Ação Responsável é uma organização civil, sem fins lucrativos, criado para coordenar o Programa Ação Responsável e o Programa de Economia Sócio Ambiental, criado em 1999.
 
Idealizado por pesquisadores e pensadores oriundos do setor público e privado, o Instituto Brasileiro de Ação Responsável é um pólo de organização de conhecimento, troca de experiências e desenvolvimento de instrumentos que auxiliam aos Governos e demais Instituições a consolidar seus compromissos com o Crescimento Responsável do Brasil.
Pensado para médio e longo prazo, útil.
                             

*****
             

Mais informações

Crivo Assessoria de Imprensa
11 3168-0055

 




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.