Alterações hormonais influenciam o emocional feminino

A influência dos hormônios no comportamento humano está longe de se limitar à adolescência, principalmente nas mulheres, que estão mais propícias às flutuações hormonais, durante a fase menstrual e também como parte do processo de envelhecimento, que são responsáveis por oscilações mais suaves ou intensas das emoções – de uma hora para outra, uma mulher pode ir da felicidade absoluta para o mau humor insuportável.
 
“Todo mês, quando vai chegando a TPM (tensão pré-menstrual), a mulher sente na pele a interferência das alterações hormonais. Nos primeiros 15 dias do ciclo menstrual, o erotismo e a feminilidade ficam mais evidentes. Mas, conforme os dias vão passando, a mulher se torna mais sensível e irritadiça. Essa oscilação de humor acontece devido ao aumento do hormônio progesterona que ocorre na segunda fase do ciclo menstrual”, comenta Dra. Rosa Maria Neme.

 
Para entender mais sobre como os hormônios afetam o emocional feminino, entrevistamos a Dra. Rosa Maria Neme, que relata quais os principais sintomas e como evitá-los. Acompanhe!
 
1. Logo após a primeira menstruação, as mudanças no corpo da mulher podem ocasionar também mudanças comportamentais?

As alterações hormonais que ocorrem após a menarca (primeira menstruação) geram não só as alterações no corpo da mulher como também variações de humor. Estas variações tendem a ocorrer mais na época pré-menstrual, conhecida como TPM, e que acontece em geral pela queda abrupta dos níveis hormonais, de estrógeno e progesterona.

 
2. A TPM dura necessariamente alguns dias antes da menstruação ou há mulheres que mantém o comportamento difícil durante  e até depois do processo? Por quanto tempo?

Em geral, a TPM acontece antes da menstruação e está relacionada à queda abrupta dos níveis hormonais e que serão responsáveis pela menstruação. Não tende a se prolongar após a menstruação.
 
3. Quais são os sintomas comportamentais da TPM?

Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Os mais comuns são a irritabilidade, alteração de humor, depressão, dor nas mamas, aumento do apetite (principalmente relacionado ao consumo de doces), dor de cabeça e inchaço.
 
4. Existe tratamento para a Síndrome de Tensão Pré-Menstrual?

Há desde tratamentos com vitaminas e fitoterápicos até medicações mais potentes, como antidepressivos. Isto dependerá da gravidade dos sintomas. A psicoterapia também pode ajudar bastante.
 
5. Quando entra na menopausa, a mulher possui mudanças comportamentais? Elas são definitivas ou transitórias?

As alterações na menopausa são sempre mais intensas. Em geral, são piores nos primeiros anos da menopausa e tendem a se amenizar com o tempo. As principais mudanças são depressão, irritabilidade, calores noturnos, falta de libido, diminuição da lubrificação da pele e da vagina, dores musculares e articulares.

6. Algum outro fator interfere no  humor feminino?

Fatores com estresse podem causar picos hormonais incomuns, o que leva a mudança completa do humor feminino.
 
7. Há como evitar mudanças bruscas no humor feminino? Como?

O ideal é manter uma vida equilibrada e realizar exercícios físicos aeróbicos regulares. Sabe-se que a prática dos exercícios, além de aliviar o estresse, mantém os níveis hormonais mais estáveis, evitando as alterações bruscas de humor.
 
8. Por que dizem que a mulher é mais imprevisível que o homem? A relação dos hormônios interfere nessa questão?

Totalmente. O homem não apresenta a variação hormonal durante o mês como a mulher.

                                 
                             
Fonte

Rosa Maria Neme (CRM SP-87844) - Graduada em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (1996) e doutorado em Medicina na área de Ginecologia pela Universidade de São Paulo (2004). Realizou residência-médica também na Universidade de São Paulo (2000). Além de dirigir o Centro de Endometriose São Paulo, ela integra a equipe médica do Hospital Israelita Albert Einstein, Samaritano, São Luiz e Sírio Libanês.

O Centro de Endometriose São Paulo conta com serviços voltados à assistência global da saúde da mulher e valorização da beleza feminina. A iniciativa deste projeto pioneiro é da Dra. Rosa Maria Neme, que possui diversos trabalhos publicados sobre a endometriose e larga experiência no tratamento desta doença. Ela lidera uma equipe clínica formada por médicos e profissionais nas áreas de ginecologia, radiologia, cirurgia do aparelho digestivo, urologia, clínica geral, anestesia especializada no tratamento de dor, dermatologia, fisioterapia, nutrição e psicologia.
             
                       
*****
                    
                   
Mais informações
 
Prestige Assessoria de Comunicação e Marketing
Tel.: (11) 3757-3512
Chris Santos – christiane@prestigerp.com.br
Sandra Santos MTb 33.322 – sandra@prestigerp.com.br
www.prestigerp.com.br
 
 
Sandra Santos
Prestige Assessoria Comunicação Mkt
Av. Jamaris, 100 cj 209 – Moema
São Paulo – SP  cep: 04078-000
E-mail: sandra@prestigerp.com.br
MSN: san_drabeth@hotmail.com
(11) 3757-3512 / 9753-3210
ID 7*46984
Skype: sandrabeth1
www.prestigerp.com.brbr




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Olá,Gostei muito do artigo que li, consegui aprender o que não sabia. Eu agradeço muito a você.
Mas peço se poder mandar mais mande,por e-mail: pois preciso muito aprender para me ajudar e também ajudar outras pessoas.
Obrigada. Deus abençoe tu e a tua casa.
Beijos no seu coração.

Os comentários estão encerrados.