Controle da transpiração no verão

Princípio ativo ajuda a controlar a transpiração excessiva e combate a proliferação bacteriana na pele, que causa o mau cheiro.

Com a chegada das estações mais quentes, o corpo aumenta a produção de suor para manter sua temperatura adequada. Entretanto, essa reação natural do organismo ao clima gera desconforto e constrangimento a muitas pessoas, que sofrem com a transpiração excessiva e, conseqüentemente, com seu odor característico.

Uma alternativa ao controle deste problema é Hexatrate, princípio ativo destinado às fórmulas manipuladas. Composto por componentes naturais, como óleos essenciais e sais orgânicos de alumínio, atua em sinergia no controle e normalização da transpiração excessiva, bem como no controle do odor.

Hexatrate tem atividade anti-séptica (desodorante), antiperspirante, fixadora e mascadora de odores. “Pode ser manipulado na forma de creme, gel, desodorante spray ou roll on, de acordo com prescrição dermatológica e a preferência do paciente”, comenta a farmacêutica Natália Rodrigues.

O suor

Além de água, o suor é composto por alguns compostos como sódio e potássio, sendo que seu cheiro característico é resultado das alterações químicas que sofre em contato com fungos e bactérias presentes na pele. “Os casos de transpiração excessiva, caracterizados pela presença de odor desagradável na pele, é chamado de bromidrose e ocorre nas regiões do corpo onde a transpiração é mais intensa”, diz a Dra. Natália.

Para evitar este mal-estar, é preciso usar sempre roupa limpa, calçados abertos e limpos, lavar bem o corpo e secar a pele após o banho, além de utilizar produtos com ativos antiperspirantes e desodorante. “Neste contexto, os desodorantes auxiliam no controle do mau cheiro do suor por conter substâncias que diminuem a proliferação de germes na pele. Já os antiperspirantes amenizam a produção do suor e sua eliminação pelas glândulas sudoríparas”, complementa.

Pés molhados?

O suor também pode acometer os pés, principalmente no verão, quando se tem maior transpiração e quando o uso de sapatos de material sintético ou de borracha é mais freqüente. “Estes calçados podem deixar os pés molhados e propiciam a proliferação de bactérias e fungos, que geram o mau cheiro”, comenta a farmacêutica.

Conforme a Dra. Natália, aos pés com transpiração intensa indica-se a manipulação de um creme com toque seco que contenha Hexatrate. “Ele oferece proteção antiperspirante prolongada e segura à pele, com ação desodorante e neutralizante do odor”, finaliza.

Fonte

Natália Rodrigues – farmacêutica

Atendimento à imprensa:
Gabriela Angeli e Márcia Raele
Telefone: (19) 3746.7791
E-mail: imprensa@galena.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Nenhum comentário.

Os comentários estão encerrados.