O papel do nutricionista nos programas de alimentação escolar

O Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), conduzido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC), garante o repasse de verbas federais para que os Estados e municípios forneçam alimentação escolar (merenda) aos alunos matriculados na rede pública de ensino.

A proposta do PNAE é suprir 15% das necessidades nutricionais diárias, especialmente quanto aos valores de calorias e proteína, para atendimento ao escolar, pré-escolar e alunos de creche.

A atuação do nutricionista na Alimentação Escolar remonta ao início do programa, em 1955, e continua até os dias de hoje, pois se trata de um importante programa de atenção à saúde de uma parcela especialmente vulnerável da população.

Os Programas de Alimentação Escolar existentes hoje, gerenciados pelos municípios e Estados brasileiros, apresentam diversos níveis de centralização das atividades que levam à consecução dos objetivos do Programa e pressupõem a realização de uma série de ações que permitem a obtenção do produto final esperado, qual seja uma alimentação balanceada, específica para a população-alvo a que se destina, com características técnicas e prevendo um componente educativo.

A atuação do nutricionista nesses programas é garantida pela legislação atual, colocando esse profissional como o responsável técnico (RT) junto ao governo federal, especialmente na elaboração de cardápios. O Conselho Federal dos Nutricionistas (CFN) também garante essa atuação, por meio de resoluções específicas.

O nutricionista tem inúmeras atividades a desempenhar neste programa, quer seja funcionário da prefeitura ou Estado gerenciadores, quer seja funcionário das empresas fornecedoras de serviço terceirizado nessa área. De qualquer maneira, seu papel é extremamente abrangente, pois pode e deve atuar em vários níveis da gestão desse programa, tais como:

• Definição dos parâmetros nutricionais: Requer conhecimento da população-alvo e suas deficiências nutricionais, comportamento, peculiaridades hábitos alimentares, nível sócio-econômico e outros.

• Planejamento de cardápios: Em função de vários parâmetros, é estabelecida a composição padrão do cardápio que será servido às crianças.

• Programação: A partir do cardápio estabelecido, é feita a programação de quantidades de produtos a serem adquiridos.

• Supervisão: Garante o cumprimento dos cardápios, o preparo correto da merenda e a manutenção da segurança higiênica e sanitária.

• Treinamento: O pessoal encarregado do preparo da merenda escolar (merendeiras) deve ser treinado e reciclado periodicamente.

• Análise de valor nutritivo: Garante o atendimento às determinações legais de oferta de nutrientes.

• Avaliação: Os programas de suplementação alimentar em geral e o de merenda escolar, em especial, têm sofrido poucas avaliações por parte dos órgãos gerenciadores. É de suma importância que se avalie o impacto da alimentação sobre os escolares, em relação ao estado nutricional, desenvolvimento, nível de aprendizagem, grau de retenção e evasão escolar.

• Testes de aceitabilidade: Os produtos a serem introduzidos no cardápio escolar devem ser avaliados sensorialmente, tanto em nível técnico, pelos profissionais do programa, como em campo, pelas crianças.

• Educação alimentar e nutricional: A escola é o ambiente ideal para tal atividade e a alimentação escolar é uma das principais ferramentas.

Além dessas atividades, de caráter gerencial, existem aquelas operacionais, que são executadas em qualquer serviço de alimentação para coletividades. Para tais atividades, o nutricionista é o profissional legalmente habilitado para supervisionar, coordenar e controlar sua execução: recebimento dos produtos; armazenamento dos gêneros alimentícios; pré-preparo, preparo e distribuição das refeições; e higienização e controle de qualidade.

Fonte

Dra. Beatriz Tenuta Martins (CRN-3: 0159) é nutricionista formada pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e mestre em Nutrição Humana pela USP. Também é diretora operacional da empresa Gente – Gerenciamento em Nutrição com Tecnologia e colaboradora do Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª Região (CRN-3), do qual é ex-presidente.

Paula Craveiro
Jornalista responsável (MTB 39.316/SP)
(11) 2978-6686 / 7864-1746
imprensa@crn3.org.br

Conselho Regional de Nutricionistas – 3ª Região
www.crn3.org.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

oi adorei esse artigo meu sonho e trabalhar na merenda esolar…se posssivel tudo que estiver de merenda escolar me enviar.
grata
dayanne

Sou Nutricionista gostei muito deste artigo…. gostaria de receber outros artigos sobre a área de nutrição
Obrigada
Kalina

trabalho com merenda esolar, mas estou começando agora…se possivel tudo que tiver de merenda escolar me enviem por favor.
grata.
fernanda regina

Sou nutricionista e trabalho com merenda escolar, estou iniciando nessa área, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível.
Grata…

adorei o artigo e gostaria muito de estar recebendo tudo sobre a merbda escolar pois estou trabalhando com a mesma…
desde ja muito obrigadaa

Excelente… Iniciei agora nessa área e estou adorando.Gostaria de receber mais informações.
Grata.

Estou concluíndo o curso de Nutrição e gostaria de obter mais informações a respeito da Alimentação Escolar. Atenciosamente.

Muito interessante o artigo! Gostaria de obter mais informações concernetes à Alimentação Escolar. Obrigada!

Vou começar a trabalhar nessa área agora…Gostaria de obter mais informações sobre a Alimentação Escolar. Obrigada!

Achei legal também o artigo, uma vez que trata de forma bem objetiva um assunto bastante atual. Com A lei 11.947/09 aumenta-se a responsabilidade do profissional nutricionista no programa de alimentação escolar. Esse artigo trás na forma de um passo a passo o processo de trabalho desse proficional no programa de alimentação escolar. Muitos de nós nutricionista não somos preparados durante a graduação para atuar nessa área, não discutimos políticas públicas, e saimos da academia nos sentido inseguros para atuar! Mas não podemos nos acomodar, temos que ser autônomos na busca do conhecimento, devemos avançar por que a atuação na área da alimentação escolar é apenas mais uma das muitas áreas que tem se aberto para o profissional nutricionista, que acima de tudo é um profissional da saúde!

Sou estudante de nutrição e me interesso por essa área, pois pretendo trabalhar na merenda escolar. E esse artigo foi de grande valia para mim. Parabéns pelo ótimo trabalho!

Sou nutricionista e estou inciando nesta área de trabalho com merenda escolar agora, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível.
Grata…
Renata Maciel.

Sou nutricionista e trabalho com merenda escolar, estou iniciando nessa área, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível.
Grata…

Olá, sou nutricionista e gostaria de receber artigos sobre esta tema e diabetes, se possível.

Obrigada.

Milena Barreto.

O artigo foi de grande valia, pois meu primeiro trabalho é justamente com a merenda escolar, gstaria de receber material que tiverem sobre o assunto, pois desejo realizar um baom trabalho nessa área…grata!
Valquiria Rosa

Olá, gostaria muito de receber seus artigos e dicas sobre alimentação escolar, pois o seu trabalho apresentado está ótimo. Estou começando agora e preciso muito de um auxilio assim como o seu.
Por favor se for possível me enviar tudo que for interesante sobre esse assunto.

Muito obrigada.

Nássara R. Jorge.

Sou nutricionista e estou inciando nesta área de trabalho com merenda escolar , me mande o que tiver de material abordando sobre o assunto, se possível.
Grata…
EDILENA

Muito bom poder contar com informaçoes que vem para somar. Sou nutricionista e trabalho com merenda escolar, estou iniciando nessa área, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível.
Grata…

Excelente artigo, bem objetivo e claro. Assim como as proissionais acima, sou Nutricionista e estou começando a trabalhar na área de merenda escolar. Se estiver oportunidade de me enviar materiais voltado a essa área, ficarei bastante satisfeita e grata.

Parabéns pelo belo trabalho e conto com suas orientações.

Sou nutricionista e trabalho com merenda escolar, estou iniciando nessa área, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível.
obrigada!!!!

´Em primeiro lugar quero parabenizar pelo artigo.
sou nutricionista e estou iniciando nesse área, sinto
que tenho um disáfio pela frente pois quero desenvolver um bom trabalho, focando principalmente os alunos com desordes nutricionais. porém a graduação não nos dá exatamente esse subsídio.Desde já espero contar com á ajuada de vocês principalmente na orientação de cardápios para atender os 15% das necessidades nutricionais com apenas R$ 0,22 por aluno.E se vocês tiverem algum material sobre licitação por favor envie-me.
OBRIGADA!!!

olá, sou nutricionista e estou iniciando meu trabalho com merenda escolar, se possivel me mande o que tiver de material sobre essa área.

Sou Nutricionita e trabalho com merenda escolar… se possível me manda material sobre alimentação escolar…

Muito Grata….

Olá, adorei o artigo, sou Nutricionista e estou começando a trabalohar nessa área de merenda escolar…se possível me envie tudo sobre essa área!!!
Grata
Mariana

olá, sou nutricionista e estou iniciando meu trabalho com merenda escolar, se possivel me mande o que tiver de material sobre essa área.

Muita GRata….

Ola, gostaria de parabenizar pelo otimo trabalho. O artigo e muito objetivo, demonstrando com clareza as atribuicoes do profissional nesta area. Gostaria por gentileza que me enviassem mais material sobre merenda escolar, pois tenho interesse de atuar na area. Muito obrigada desde ja.

Ola!! Sou nutricionista e estou começando agora,gentileza de me encaminhar material sobre alimentação escolar. Se alguem tiver modelo de manual de boas práticas me encaminhe por favor.

Desde ja agradeço

Atenciosamente,

Vera

Sou nutricionista e vou começar a atuar na merenda escolar. Peço por gentileza me encaminhar artigos relativos a esta área.
Obrigada!

Boa Tarde! Parabéns pelo artigo.
Sou nutricionista e irei começar a trabalhar com a merenda escolar de um município bastante precario, gostaria de receber mais informações sobre a atuação deste profissional nessa área, pois durante a graduação não aprendemos muito e estou com muita dificuldade.
Desde já muito obrigada!

Sou nutricionista e irei trabalhar com merenda escolar, estou iniciando nessa área, me mande o que tiver de material e dicas sobre o assunto se possível, pois desejo realizar um bom trabalho nesta área.
Desde já espero contar com a ajuada de vocês principalmente na orientação de cardápios para atender os 15% das necessidades nutricionais com apenas R$ 0,22 por aluno.E se vocês tiverem algum material sobre licitação por favor envie-me.

URGENTEEEEEEEEEEE!!!

Obrigada!!!!

gostei muito é sempre bom ter novos conhecimentos ainda mais embasado no PNAE, mas eu gostaria de ter sugestões de cardápio, pois trabalho em uma cozinha industrial e gostaria de inovar alguns cardápios.
Obrigada

Os comentários estão encerrados.