Dia Mundial do Rim – tire algumas dúvidas sobre o câncer renal

Campanhas de prevenção das doenças renais acontecem nos quatro cantos do País, nesta quinta-feira, dia 13 de março, quando é lembrado o Dia Mundial do Rim. Só em Brasília, a Sociedade Brasileira de Nefrologia promove realização de exames que avaliam as funções renais no Congresso Nacional e no Centro de Saúde de Paranoá I. “Embora o objetivo seja alertar sobre a Doença Renal Crônica, não podemos esquecer que o câncer renal é responsável por cerca de 3% das neoplasias em adultos e sua incidência cresce 2 a 4% ao ano”, atenta a oncologista clínica Daniele Amorim Aita, do Centro Especializado em Oncologia e Hematologia – Ceon.

 

* O que causa o câncer renal?

Dra. Daniele Aita: vários fatores foram identificados, incluindo vírus e mais de 100 agentes químicos. Entretanto, nenhum em específico foi definido com relação causa-efeito. Existem evidências de que o câncer renal é mais comum em pacientes tabagistas, obesos, hipertensos, pessoas com predisposição genética e que vivem em ambiente urbano.

 

* Como é feito o diagnóstico do câncer renal?

Dra. Daniele Aita: atualmente, cerca de 40 a 50% dos tumores de rim são detectados incidentalmente durante exames abdominais por imagem, especialmente a ultrassonografia abdominal. Na fase inicial da doença pode não haver manifestações clínicas. Alguns pacientes apresentam sangramento na urina (40% dos casos), dor lombar (35% dos pacientes) e outros sintomas inespecíficos. A caracterização do tumor renal é feita por exames de imagem, sendo a tomografia computadorizada o método de escolha para a definição e programação do tratamento. A ressonância magnética tem sua importância mais evidente na avaliação do comprometimento vascular da lesão.

 

* Como é realizado o tratamento?

Dra. Daniele Aita: a base do tratamento do câncer renal é a cirurgia, retirada completa da neoplasia e do rim, na maioria das vezes. Até poucos anos atrás, o tratamento baseava-se na imunoterapia, uma vez que a quimioterapia exercia pouco efeito sobre o tumor. Recentemente com a chegada de novas drogas com ação dirigida a alvos moleculares (“terapia alvo”) houve um avanço no tratamento do câncer de rim metastático, com resultados animadores e com menores efeitos colaterais.

 

* O câncer renal tem cura? Quais as chances depois da cirurgia?

Dra. Daniele Aita: felizmente no momento do diagnóstico, a maioria dos pacientes com câncer renal possui a doença limitada ao rim, e o tratamento pode, portanto, ser curativo ou proporcionar o controle a médio e longo prazo. O prognóstico dos pacientes é diretamente relacionado à fase da doença no momento da descoberta. Os pacientes diagnosticados precocemente têm cerca de 90% de chance de sobrevida em cinco anos. Por outro lado, a sobrevida média dos com câncer de rim avançado é menor que um ano, e a taxa de mortalidade em cinco anos aproxima-se de 100%.

 

* O câncer de rim é mais freqüente entre homens de 50 a 70 anos. E os homens são afetados duas vezes mais do que as mulheres. Isso é verdade? Por quê?

Dra. Daniele Aita: não se sabe exatamente a razão dessas observações. Há quem atribua a maior incidência de tabagismo, obesidade e hipertensão nos homens. O que se sabe é que quando o câncer renal aparece em indivíduos jovens deve-se suspeitar de predisposição genética associada, portanto é indicado o rastreamento familiar.

 

* Qual a estimativa para a incidência do câncer renal no Brasil?

Dra. Daniele Aita: o câncer renal corresponde cerca de 3% das neoplasias malignas em adultos. No Brasil sua incidência varia de sete a dez casos para cada 100 mil habitantes/ano.

 

Dra. Daniele Amorim Aita (CRM/DF 14689) – Oncologista Clínica do Centro Especializado em Oncologia e Hematologia -CEON. Membro da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica. Graduada pela Faculdade de Ciências Médicas de Pernambuco, pós-graduada em Clínica Médica pelo Hospital do Servidor Público de São Paulo e em Oncologia Clínica pelo Hospital de Base do Distrito Federal.

 

. ED Comunicação
Jornalista Responsável: Elizangela Dezincourt (1222/PA)
Diretora de Divulgação e Imprensa: Vanessa Struckl
Fone/Fax: (61) 3233-0463 :: 9263-5312
www.edcomunicacao.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Meu filho em outubro passado apareceu urinando sangue , foi solicitado exames RM e TC acusando tumor no rim direito. Fomos p. Sao Paulo e lá o dr. Miguel Srougi o operou. NÃO RETIROU O RIM , APENAS + OU -,a metade. Continuo apreensiva Agora, ele deverá fazer a primeira revisão no inicio de fevereiro.Também não precisou fazer quimio e radio. O meu receio é grande. O que acha dele não ter retirado o rim todo? Aguardo resposta.Landa

muito esclarecedor,
que possa servir de alerta sobre a necessidade premente de cuidarmos dos nossos rins, principalmente as pessoas que possuem alguma doença correlata.

Meu namorado passou por uma cirurgia recentemente, precisou retirar todo o rim, pois o cancer ja estava bastante avançado, ele tem 32 anos, não fuma, não bebe, o medido disse q o cancer dele era raro,também não precisou fazer quimio e radio, mas o q me preocupa agora, ja passados 35 dias pos operação, ja foram retirados os pontos, mas ha um vazamente de pus q custa a parar , ele tem q trocar as gazes varias vezes por dia, as vezes chega ate a manchar a camisa, voltamos ao medico ele disse q não eh normal, mas so receitou novos comprimidos. Sera uma infecção hospitalar, ou eles estão escondendo alguma coisa? Agurado uma resposta . Marcia

O que significa este seu comntai…que só tem 5 anos e sobrevida??
* O câncer renal tem cura? Quais as chances depois da cirurgia?

Dra. Daniele Aita: felizmente no momento do diagnóstico, a maioria dos pacientes com câncer renal possui a doença limitada ao rim, e o tratamento pode, portanto, ser curativo ou proporcionar o controle a médio e longo prazo. O prognóstico dos pacientes é diretamente relacionado à fase da doença no momento da descoberta. Os pacientes diagnosticados precocemente têm cerca de 90% de chance de sobrevida em cinco anos. Por outro lado, a sobrevida média dos com câncer de rim avançado é menor que um ano, e a taxa de mortalidade em cinco anos aproxima-se de 100%.
Me tire esta dúvida. Landa

minha mae em março deste ano fez a retirada do rins esquerdo que estava com aproximadamente dois kilos , ainda sente algumas dores tem algumas limitaços como por exemplo nao pode tomar qualquer d]remedio e nao pode pegar peso e tla mas quando ela operou nao fizemram a quimioterapia e nem radio agora no retorno disseram q havia possibilidade sim de ter ficado alguma metastase no sangue tem base? ja disse q c ela tiver algum trauma por isso irei processá-los

Chocante. Doença maldita. É bom saber quais as probabilidades de cura. Quando é que o cancer terá cura?

ola tudo bem ?
bom queria saber uma coisa me pai expeliu um calculo pela ureta e começou a urinar sangue foi indo ate ele fazer uma tomografia que acusou que o rim direito dele esta aumentado e deu que ele esta com um tumor, por esse motivo ele vai operar Quanto de porcentagem ele tem em ficar bom de novo??? mais uma pergunta quando comeca a urinar sangue é um sintoma inicia o tradio??? meu pai tem 62 anos???!!!
me responda estou muito preucupada

Olá, meu namorado está com um tumor no abdômen do lado direito, ele foi ao médico fez o raio-x e constatou q ele está com câncer, o médico passou p/ ele uns remédios e para retornar lá no dia 17. Ele tem 19 anos, ñ fuma, ñ bebe (só bebe socialmente) e ele se exercita muito ele faz caminhada tds os dias e acadêmia, Porém a genética dele é muito ruim. E o único sintoma dele é: sensação de abdômen cheio.
Com esses sintomas está no ínicio ou tardio?
Ele tem cura?
Quais os procedimentos q o médico tem q fazer?
Me responda por favor, estou muito preocupada!!!
Eu ñ quero perder ele…

Minha mulher tirou um tumor renal 1,7cm, papilifero, grau nuclear 3, isofítico, no terço médio rim esq. A biopse diz: Rim não neoplásico, margem cirurgica livre de neoplasia, estadiamento pt1, gordura peri-renal ausência de neoplasia.
Qual a sobrevida dela????? obgdo, Gustavo!

minha amiga tem 62 anos e esta com um tumor de 10cm no rim.
isto é cancer?ela pode morrer.ela ja perdeu um pulmão.pode uma pessoa viver com um pulmao?

meu cunhodo descobriu tumor maligno no rim e trombo na veia cava,precisa de cirurgia para tira um rim e a veia cava só saberão depois da operaçao o q fazer, sua duvida é se a sobrevida dos q tm cancer maligno e operam é d um ano, qual a probabilidade quando não se opera,peço q responda rapido pois ele deve tomar a desisão amanha dia 10/12 estou aguardando a resposta pois nao tenho internet estou num computdor emprestado.grata por sua atenção.deus t abençõe

tenho muita dores nos rins vou ao medico ele me diz que não e nada agora começei urinar pus muito pus minha febre passou tenho a possibilidade de ter cancer renal ou não

O que significa este seu comentario…que só tem 5 anos e sobrevida??
* O câncer renal tem cura? Quais as chances depois da cirurgia?

Dra. Daniele Aita: felizmente no momento do diagnóstico, a maioria dos pacientes com câncer renal possui a doença limitada ao rim, e o tratamento pode, portanto, ser curativo ou proporcionar o controle a médio e longo prazo. O prognóstico dos pacientes é diretamente relacionado à fase da doença no momento da descoberta. Os pacientes diagnosticados precocemente têm cerca de 90% de chance de sobrevida em cinco anos. Por outro lado, a sobrevida média dos com câncer de rim avançado é menor que um ano, e a taxa de mortalidade em cinco anos aproxima-se de 100%.
Me tire esta dúvida. Landa
POR QUE NÃO HÁ RESPOSTA??

Concordo com você Landa… Por que não há resposta??? Dizendo que a sobrevida é de 5 anos e que em estágio avançado cai para 1 ano… isso só acaba com a fé das pessoas. Cada caso é um…. depende do organismo, da saúde,… diversos fatores…. já ouvi relatos de pessoas que estavam em estágio terminal e um milagre salvou suas vidas. Tudo é possível para Deus.

gostaria de saber se é possivel uma criança de 4 anos ter cancer nos rins o e grau de risco de vida dela obriga aguardando resposta possivel?

Seria legal se o site atualizasse sempre e respondesse todas as perguntas no próprio comentário.
Aguardo.

Boa tarde, Jennyfer

Obrigado por acessar nosso site.

A Revista VIGOR – movimento e saúde é uma publicação da Thesaurus Editora de Brasília. Como somos muito lidos, profissionais e instituições de pesquisa e ensino nos enviam artigos e comunicados para publicação.

Diariamente, recebemos centenas de mensagens de nossos leitores solicitando informações. Como atendemos a todos seguindo a ordem de entrada em nossa caixa de mensagens, temos dificuldades de responder com a rapidez que alguns necessitam. Hoje, temos mais de 1880 mensagens esperando para serem respondidas.

Um abraço

Marcos Vinhal Campos
Revista VIGOR – editor
http://www.revistavigor.com.br

Os comentários estão encerrados.