Catarata congênita – principal causa de cegueira na infância

Catarata congênita é a principal causa de cegueira na infância
Problemas podem ser evitados com um simples exame pré-natal
           

A cautela com problemas oculares deve começar cedo. E não precisa nem esperar o nascimento da criança, já que os cuidados devem ser iniciados durante o pré-natal. O exame pode evitar uma doença relacionada entre as principais causas de cegueira infantil: a catarata congênita. Esse tipo de enfermidade ocorre por alterações na formação e opacificação do cristalino. “Na maioria dos casos, a catarata congênita está ligada à herança genética, mas, no Brasil, está muito relacionada à falta de exames pré-natal. Por exemplo, uma gestante que não tenha tomado uma vacina para rubéola. A maior parte dos casos de catarata congênita poderia ser evitada com um simples exame pré-natal”, explica o Dr. Campos.

Uma vez constatada a catarata congênita, o tratamento deve começar o quanto antes e a abordagem depende da localização e intensidade da opacidade, do grau de deficiência visual, das alterações oftalmológicas relacionadas e idade da criança. O tratamento parcial da catarata pode ser realizado com colírios midriáticos, oclusão e óculos especiais para melhorar a acuidade visual. “Existem casos de catarata que podem aparecer precocemente, como a metabólica, em que o indivíduo pode ter, por exemplo, a diabetes juvenil, associada ao abuso de medicamento, como colírios com cortisona, e também traumas nos olhos”, esclarece o especialista.

Estima-se que hoje, no mundo, cerca de 1,5 milhão de crianças sejam deficientes visuais. A catarata congênita responde por 10% a 20% desses casos. A observação da capacidade visual da criança é o que vai indicar a necessidade de cirurgia. Se for portadora de catarata total, o tratamento cirúrgico deve ser urgente. “Se o país pudesse contar com uma boa assistência pré-natal e boas campanhas de vacinação, os índices dessa doença seriam bem menores”, alerta o cirurgião.

       

Fonte

Mauro Campos – Chefe do Instituto de Cirurgia Refrativa da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), membro do corpo clinico do Hospital Israelita Albert Einstein.
          

*****

Informações

Fran Press Assessoria de Imprensa / (11) 3064-4575
Cesar Lopes (MTB 05192/PR)
E-mail: cesar@franpress.com.br”cesar@franpress.com.br 
André R. Furtado (MTB 28.122)
E-mail: andre@franpress.com.br”andre@franpress.com.br




Se você gostou deste artigo, deixe um comentário abaixo e considere
cadastrar nosso RSS, para ser notificado nas próximas atualizações do blog.

Comentários

Há duas semanas recebi o diagnóstico de que minha filha, hoje com 05 anos e 08 meses, é portadora de catarata congênita.
1) Fiz pré-natal com uma profissional considerada “de ponta”.
2) Minha filha sempre teve acompanhamento pediátrico, até porque sente dor de cabeça constante (e dor de barriga). Também tem problema de adenóide.
Assim, não entendo porque não foi diagnosticado o problema mais cedo.
O que que está faltando? Acompanhamento médico sempre teve. O prognóstico é bom quando o tratamento é precoce.
E agora, com a idade dela, qual é a probalidade de recuperação?
Agradecida

minha filha tem 50 dias e amanha vou fazer os exames para ver onde esta a mancha branca do olhinho sera que ela perderá a visao por essa patologia?

Hoje através de exame oftalmológico descobri que minha filha de 7 meses e 22 dias tem catarata congênita no olho esquerdo. O médico falou que a cirurgia deve ser urgente, porém estou preocupada pois a anestesia devera ser geral devido a idade dela.
Há possibilidade do uso de anestesia local?
Como ocorre o pós operatório?

Hoje, 24 de julho de 2008, levei meu filho nascido no dia 07/07/08, a uma consulta com pediatra e na consulta ele me informou que corre o risco de ter a catarata congenita. Gostaria de saber os tipos de tratamento, e se já é considerado um tipo de ceguiera?

Boa Noite

Minha sobrinha tem 70 dias e em uma consulta com o oftalmologista foi constatado que ela tem catarata congentia, e o mesmo informou que precisa fazer a cirurgia mas não ha necessidade de ser agora pode ser daqui a 6 meses, mas eu estava lendo em uma reportagem na net e falava que a cirurgia tem que ser feita antes dos 3 meses de vida.
Oque devemos fazer???

Minha sobrinha tem 7 dias e há dois descobriu que tem catarata no olhinho direito. O pediatra pediu uma série de exames, inclusive o do pezinho mais detalhado. Ela fez pré-natal e todos os exames de toxoplasmose e rubéola deram negativos durante o pré-natal.
A maior preocupação da mãe é que ela tenha algo mais além da catarata.
Gostaria de saber se a catarata está ligada na maioria das vezes a outro tipo de problema (como síndromes e outros), ou como no caso dela que o pré-natal correu tudo bem, pode ser somente a carata?
Grata

Olá, quando minha filha tinha 3 meses descobrimos que ela tinha catarata congenita no olho esquerdo, no olho direito ela tem um ponto de catarata mas o medico falou que não se desenvolverá. Hoje ela tem 2 anos completos e com 1 ano e 7 meses ela fez a cirurgia para a retirada da catarata. O medico indicou o uso do tampão no olho bom para forçar o olho operado, meu grande problema é esse, pois ela não deixa o tampão, acho que é pq ela não consegue enchergar direito. Agora, o medico indicou a cirurgia para implante da lente definitiva. Gostaria de saber primeiramente se “esse” ponto no olho direito pode se desenvolver e se ela pode se prejudicar com esse implante tão cedo, pois o medico falou que seria melhor colocá-lo após os 3 aninhos. Ele tambem indicou a lente importada pois ela se consulta em um hospital de Goiânia pelo SUS mas a lente que o SUS libera não é muito boa, gostaria de saber se minha filha vai ficar com o olho estrábico. Tenho outro bebê de 10 meses, será que corre o risco de ele tbm desenvolver a doença? Obrigado…

Tenho um bb de 3 meses de idade, há um mês percebi uma mancha no olho direito dele, e a pediatra dele disse não ter visto esta tal mancha, eu fiquei encucada e levei ao oftalmo q diagnosticou ser catarata congênita. Estou preocupada!!! Gostaria de receber mais informações do tratamento.

Tenho um bb de 40 dias de vida e ontem percebi uma manchinha branca em seu olhinho esquerdo, a levei no oftalmologista e ele diagnosticou catarata congenita. Gostaria de saber se o tratamento é somente cirurgico e se a visão é totalmente recuperada?

por favor , estou procurando acesso para a cirurugia de catarata congênita pelo Sistema único de saúde para um bebe de 3 meses. Acessei serviços que oferecem a cirurgia para adultos e idosos, mas não para criança
Seria possível me orientar referências deste serviço no SUS?
Eliane

eu nasci com catarata congenita e com tres meses de idade minha mãe me levou a um oftalmologista mais ele disse que eu teria que fazer uma cirurgia mais com 10 ou 15 anos o que hoje eu sei que não é verdade hoje tenho 15 anos os médicos falam que eu deveria ter operado o meu olho esquerdo que além de catarata tenho estrabismo muito torto é meu olho esquerdo os médicos dizem que não tem mais jeito se eu for operar da catarata não poderei enxergar e se eu operar do estrabismo eu corro o risco de perder a visão do olho direito,sendo que meu olho esquerdo é perfeito posso até fazer a cirurgia mas correndo riscos não tenho condições de pagar um ospital particular vendo correndo atras desta cirurgia com a minha mãe desde a dscoberta destes dois problemas pelos hospitais publicos que são uma calamidade no atendimento vivo muito trizte e sem esperanças por pensar que poderei continuar assim pro resto de minha vida e por fim preciso de ajuda!

gostaria de saber o valor da cirurgia da catarata congenita ? pois estou a proucura pelo sus de minas gerais.mas nao conseguir, o meu primo tem seis meses e nao conseguimos nenhum medico para operalo aqui na nossa regiao.por favor me ajude nos estamos todos preocupados.

meu nome é VERA tenho 32 anos e descobri que tinha catarata aos 5 anos de idade.Fui operada no INSTITUTO HILTON ROCHA meu medico era o doutor CLEBER GODINHO.Já fiz 4 cirurgias ao todo , uso lentes de contato de 25 graus e ainda um oculos para leitura de 3 graus.queria saber se existe alguna posibilidade de fazer a cirurgia de implantação das lentes de contato , pelo sus,pois o custo dela é muito alto e não tenho condições.SE TIVER COMO GOSTARIA DE SABER QUAL É O PROCEDINENTO,OBRIGADO E AGUARDO RESPOSTA,

Boa Tarde !!!

Assim como no caso relatado pela Lucelia, meu filho tem catarata no OD, e meu pré-natal foi ótimo,ele tera que operar ainda não foi agendada a cirurgia, agora está com 7 meses, a catarata dele é parcial, decobrimos quando ele tinha 7 dias de vida. Gostaria de saber o que fazer, o pós-operatório, o Dr. que acompanha já deu uma noção, mais gostaria de outra opnião. Obrigada.

Gostaria muito de manter contato com alguma mãe que passa por este problema para podermos tirar dúvidas, moro em mogi das cruzes -SP, por favor alguém pode manter contato, meu e-mail é lilian_neres@hotmail.com

tenho um filho hoje com 17 anos que nasceu com catarata congenita no olho esquerdo, ele foi operado no hospital das clinicas de salvador quando tinha 08 messes de idade os medicos me disseram que ele teria uma visão normal com o passar dos tempos mandou que ele usasse oculos de grau muito forte(fundo de garrafa)pois ele tem miupia no outro olho durante muito tempo tive esperança que meu filho viesse a ter uma visão normal,mas ví que ele não estava progredindo o levei a outro medico que me disse que os medicos que o operaram tinham tirado o cristalino do olho do meu filho e não tinham colocado outro artificial.hoje com todo o avanço da medicina será que ele pode voltar a ter a visão normal?estou disposto a doar meu cristalino pra ver a felicidade do meu filho.

Os comentários estão encerrados.